quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Amsterdam e seus Museus!!!

Como é bom poder escrever sobre os museus em Amsterdam!! Foi uma experiência sensacional poder conhecê-los!! Isso sem considerar que Amsterdam tem mais de 7mil casas e edifícios monumentais e tem o maior centro histórico e muito bem preservado da Europa. Ou seja, simplesmente andar pelas ruas e canais de Amsterdam já é um encanto constante!!

Bem, é claro que eu não visitei todos até porque alguns estavam, infelizmente, fechados. Mas pude ir aos principais e me emocionar com tanta beleza e cultura!! E bota emoção nisso!! Fiquei totalmente sem palavras ao sair do Van Gogh Museum e da Casa de Anne Frank.


-> MUSEUS que eu visitei: (para saber o endereço e os horários de funcionamento, basta clicar no nome do museu e o link vai redirecionar para a página oficial dele!!)

**RIJKSMUSEUM - esse museu, um dos principais, fica no distrito dos museus, uma área onde há vários museus ao redor da Museumplein.



O encanto já começa ao se contemplar a arquitetura do lado de fora do museu, edifício que data de 1885, e que é simplesmente maravilhoso!!

O seu acervo é mais voltado para os artistas holandeses, expondo, principalmente, obras do século XVII, chamado de Golden Age das artes na Holanda. Dentre alguns desses artistas, destacam-se Rembrandt e Vermeer. Mas também me impressionou bastante uma sala de exposição de casas de bonecas em tamanho gigante!! As casas eram lindas e, pelo que li nas informações sobre a exposição, algumas das casas ali valiam mais do que casas de verdade à beira dos canais (em Amsterdam, as casas à beira dos canais são bastante caras!!).


Quando estive lá, infelizmente havia uma boa parte do museu fechada para reforma e manutenção. E, como era inverno, não pude apreciar tanto o seu famoso jardim que possui fontes e esculturas.


**VAN GOGH MUSEUM - outro museu que está localizado em Museumplein, de valor absolutamente imensurável!! Fica entre o Rijksmuseum e o Stedelijk Museum.

Para quem é amante de artes e curiosa para aprender sempre mais e mais (um cursinho de História da Arte ajudou muito nisso!!), foi difícil não ficar emocionada dentro do museu Van Gogh!! É, sem dúvida, o artista holandês mais famoso, mais reconhecido dos últimos tempos!!



Dentro do museu, ao caminhar por suas salas, a história de vida e trabalho de Van Gogh é contada à medida que seus quadros são expostos. Sua trajetória de vida, sua relação tão profunda e complicada com seu irmão, seus problemas de saúde e psicológicos, tudo isso é retratado de forma bastante delicada e sentimental.

Os quadros mais famosos, como os que retratam os girassóis e o seu quarto, além de seus auto-retratos, dentre outros, estão lá expostos. Não há outro lugar no mundo em que se possa admirar mais obras desse artista do que neste museu. São mais de 200 quadros de pinturas, 500 desenhos e 700 cartas e documentos.

O museu, em si, possui uma arquitetura pós moderna, mas o seu conteúdo, os quadros, a história de vida desse artista que foi por muitos incompreendido, é algo tocante a todos.

Museumplein



 **REMBRANDT HOUSE -  a casa em que o artista morou por quase de 20 anos, preservada, é outra atração imperdível!

Além de algumas pinturas suas expostas, o visitante poderá ter uma noção mais ou menos de como se vivia dentro de uma casa no século XVII. Achei bastante engraçado o fato de a cama ser dentro de um armário, por exmplo! O exterior e o interior da casa são exatamente do jeito que era quando Rembrandt nela viveu. 

Também foi bem interessante uma demonstração feita durante a visita de como eram feitos alguns desenhos grãficos por Rembrandt, utilizando-se de uma máquina para esse fim. Para isso, eu aguardei o horário da visita guiada e valeu a pena.



**THE ANNE FRANK HOUSE - outra visita imperdível e emocionante que deve ser feita!  

A casa de Anne Frank funciona como um museu desde 1960. A história de vida de uma família judia que teve que se esconder por aproximadamente 2 anos durante a perseguição nazista ocorrida com a invasão dos alemães na Holanda, em plena Segunda Guerra Mundial, no porão de sua própria casa, contada por uma adolescente em seu diário percorreu o mundo todo, emocionando todos que a ouviram. A família foi descoberta e foram todos enviados para a morte em campos de concentração, salvando-se apenas seu pai. Anne morreu poucos meses antes de seu campo de concentração ser libertado. E, de fato, é uma história de muito sofrimento, dor, privação e tristeza. 



Como ficava um pouco mais afastada de Leidseplein, e como resolvi aproveitar o passeio de barco  que fiz pelos canais para ter uma outra visão da cidade e das belíssimas casinhas situadas à beira dos canais, já que uma das paradas do passeio era no Canal Prince,  nada mais útil do que descer ali para visitar o museu.


**MADAME TUSSAUDS - aaahhh... tive que ir também, né?? Afinal, quando eu estive lá, eu nunca tinha ido a nenhum outro na minha vida e esse é O MELHOR museu de cera que existe!! (depois de visitar o de NY, acabei nem entrando no original, que fica em Londres, por falta de tempo... um dia ainda vou também só para poder comparar os três!! hehehe...)

Então, que tal posar ao lado de Bono Vox? Ou fazer pose com a Madonna? Talvez cantar com as Spice Girls? De repente jantar com George Clooney?? Ahh se fosse verdade!!! rsrs... Esse museu é divertido e engraçado para todas as idades e, principalmente, para quem nunca visitou o famoso museu Madame Tussauds, vale a pena sim dar conferida!! 

Fica em Dam Square e o acesso é bem fácil e tranquilo (fui e voltei a pé mesmo!!).



-> MUSEUS que eu não visitei:

* The Stedelijdk Museum of Modern Art: localizado em Museumplein, ao lado do Van Gogh Museum e Rijksmuseum. Estava fechado para reforma/manutenção quando fui, com parte do acervo sendo exibido em local próximo a Central Station. Com exposições de arte moderna, principalmente da segunda metade do século XX, o visitante poderá apreciar obras do impressionismo, pop e minimalismo. Poderá também contemplar obras de Picasso, Cézanne, Chagall e Monet.


* Heineken Brewery: é um museu e um centro de visitantes. Menores de idade desacompanhados não entram. Não agendam visitas e a bebida é liberada à vontade para todos. Pretendo conhecer um dia... rsrs... 


* The Royal Palace: para minha tristeza, também estava fechado para reforma quando estive lá. Ao menos eu pude apreciar por fora porque seu exuberante edifício ocupa boa parte de Dam Square.


Bem, tentei colocar aqui um pouco das minhas impressões sobre esse roteiro de museus tão espetacular que Amsterdam oferece!! No próximo post: Pontos Turísticos, Passeios e Agitos Noturnos!! Acompanhem!!

2 comentários:

  1. Bem no ponto! Ótima impressão e descrição de Amsterdam! Estamos aqui, agora mesmo, inverno de 2014, verão no Brasil. Parabéns pela matéria! Grande abraço e sucesso nas suas viagens. Marcos e Fernanda, de Florianópolis (SC)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcos!

      Tudo bom?

      Muito obrigada pelo comentário! Fico feliz por ter gostado do post. Estão em Amsterdam? Que delícia!!! Aproveitem bastante o friozinho daí, pois aqui estamos com o maçarico ligado na quinta potência rsrs... Amsterdam é uma cidade incrível e cheia de vida! Espero que curtam bastante!

      Abs.

      Excluir