segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Amsterdam... Cidades vizinhas: Marken, Volendam e Monnickendam

Como o tempo de estada em Amsterdam era curto, apenas 4 noites, resolvi conhecer ao máximo a cidade durante esse período e, no último dia, percebi que havia tempo disponível para visitar algumas cidades próximas e inciar a minha saga para encontrar alguns Moinhos!!

Sim, a minha grande motivação, no final das contas, era achar o tal do Moinho!!! Queria ver um moinho de verdade, autêntico, e não no meio da cidade, como tem em Amsterdam (não digo que é feio, mas queria ver um mais campestre... e achei!! rsrs... achei só UM!!).

Já tinha lido um pouco sobre essas três cidades que são vizinhas entre si. Obtive algumas informações com o recepcionista do hotel e descobri que a melhor forma de chegar até lá seria indo de ônibus que partia de um ponto bem ao lado de Centraal Station. Foi bem fácil localizar esse ônibus e os motoristas foram todos bem simpáticos, prestativos e pacientes em fornecer informações!!

Nem preciso dizer que, por ser inverno, essas cidades litorâneas, com típicas casas de veraneio, estavam desertas!! Seus poucos habitantes mal andavam pelas ruas, abrigados em suas casas e trabalhos por causa do frio.

Fui direto para Volendam, a famosa cidade dos moinhos. O ônibus foi direto (não me lembro agora se houve alguma parada, mas acho que não!!) de Amsterdam e gastou em torno de 40 minutos a 1 hora até chegar em Volendam.

Volendam é uma cidade pequena, beeeem típicamente holandesa, com aproximadamente 22 mil habitantes. Andar pelas ruas desertas foi algo diferente e contemplativo. As casas são lindas!! Havia também algum artesanato, como aqueles sapatinhos ou tulipas de madeira.

Ao chegar, eu não sabia para onde ir!! Conseguir informações foi algo complicado. Poucos me entendiam (meu inglês nem é tão ruim assim... ). Felizmente, uma senhora de alma caridosa, em um centro de informações, me mostrou o caminho para chegar ao moinho!! obaaaa!! Eu não estava tão perdida assim!!

Fiquei imaginando como deveria ser animada aquela cidade durante o verão, com calor, porque era tudo muito bonito e parecia um lugar bastante agradável.

Após uma caminhada meio longa, finalmente achei o moinho!! Eita felicidade!! rsrs... Lindo demais!! Adorei!! Ele era bem antigo, do século XVII. O lugar era sensacional! Fiquei bastante emocionada!!


Depois, resolvi visitar as duas cidades vizinhas... afinal, já que estava ali, melhor aproveitar a oportunidade!! Fui a Monnickendam e Marken, que também são cidades litorâneas, voltadas para a pesca. Pareceram-me ainda menores que Volendam (Monnickendam não tem nem 10mil habitantes!!). Só deu tempo para caminhar pelas cidades e ver como eram. Mesmo porque estava praticamente tudo fechado!!



Entre Volendam e Monnickendam, o ônibus deve ter levado uns 20 minutos mais ou menos. O problema maior foi entre Monnickendam e Marken: foi uma espera de mais de uma hora, congelando no frio, até o ônibus passar!!! Considerando que era quase inverno, que anoitecia cedo, que estava uma friaca bizarra, que as ruas já estavam desertas nessas cidades pequenas, foi um momento em que eu pensei: o que eu estou fazendo aqui?? Por que não voltei direto para Amsterdam??? Parecia até filme de terror!! Até porque o ponto do ônibus era em uma estrada, que estava deserta!!

Como brasileiro não desiste nunca... fiquei esperando o ônibus e segui para Marken, já anoitecendo!! A cidade estava vazia, com ruas desertas. Só deu mesmo para dar uma voltinha, ter uma visão panorâmica da região e sentir muito, mas muito cheirinho de comida do jantar que estava sendo preparado em todas as casas por onde eu passava!!! Ah sim... as casas eram fofas!! Lindas!!!

No final, valeu a pena ter ido!! Lugares diferentes que conheci, litorâneos, mas com ares bucólicos!! Mas, acho que só voltaria em estações mais quentinhas para ver mais pessoas circulando pelas ruas!!! =))

Nenhum comentário:

Postar um comentário