quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Onde se Hospedar em Zurique: B2 Boutique Hotel & Spa

By Rafa Pinto (@rafapelomundo)

Se você já viajou para a Europa, deve saber que lá costumamos andar muito e chegamos ao fim do dia bastante cansados. Caso ainda não tenha viajado, deve estar em seus planos já que chegou a esse post, certo? 

O ideal - e que faz toda a diferença - é sempre optar por um hotel bem localizado ou com fácil acesso ao transporte público mais utilizado (nesse caso, o trem). E se essa hospedagem for num hotel-boutique com spa, melhor ainda, não é? :) 

Visando a aliar praticidade e conforto, escolhi o B2 Boutique Hotel como hospedagem em Zurique, a capital financeira da Suíça (que muitos até pensam ser a capital política do país, mas não é! Sua capital é Berna).. e aqui vou compartilhar minha experiência com vocês.



O hotel encontra-se, de forma adaptada, numa antiga fábrica da cerveja Hürlimann, o que torna sua arquitetura um dos grandes diferenciais, pois mistura o charme de um hotel-boutique suíço com o lado industrial de Zurique.

Fomos recebidos por três noites adoráveis no B2, que desde o check-in apresentou-se de maneira bastante positiva: água saborizada na recepção, maçãs, agilidade e muita cordialidade no atendimento. Nem com malas precisamos nos preocupar, pois havia uma pessoa designada pra isso.

O hotel atende bem tanto quem viaja a trabalho como a lazer, e curiosamente ele está localizado bem ao lado do Google, o que o torna uma ótima opção para executivos que viajam para essa empresa. Entretanto, no meu caso, estava a lazer e foi igualmente maravilhoso, pois além de bom atendimento e ótimas instalações o hotel possui um Spa delicioso, que mais pra frente falarei pra vocês.

O B2 Boutique Hotel & Spa situa-se próximo a duas estações de trem:

· Zürich Giesshübel (a que utilizamos com maior frequência e que possui ligação  direta e rápida pra Zurique HB): 300m

· Bahnhof Enge: 700m

A estação principal, Zurique HB, fica a 2 km de distância (5 minutos de trem). Além desse transporte, há diversos pontos de tram nas redondezas, que também utilizamos bastante durante nossa estadia.



Ficamos no B2 Boutique Rooms, um quarto decorado com um toque vintage, contando com cafeteira Nespresso (afinal estávamos na Suíça né?), amenities de qualidade, armário com cabides, pantufas, bons chás pra esquentar quando chegávamos da rua (como viajamos no inverno, sempre que voltávamos da rua estávamos congelando rs), minibar com variadas opções de bebidas, lençóis macios, cama Queen size super confortável, poltrona de descanso, mesa de leitura, mesa de trabalho, TV com canais a cabo, serviço de quarto 24h, cofre, apoio de bagagem, além do quarto ter tamanho ideal pra um casal que viaja com malas e que não pretende ficar tropeçando nelas pelo caminho.



O banheiro possuía decoração leve e clean e ainda assim muito bonito. As áreas eram desintegradas, sendo que a área de banho e a pia eram separadas por uma porta da área do vaso sanitário. 




Banheiro com toalhas fofinhas e felpudas, bom secador de cabelo, espelhos com boa iluminação, chuveiro maravilhoso com pressão forte, além de boa área também – suficiente pra circular duas pessoas tranquilamente. Particularmente sou apaixonada por banheiros bonitos, e esse achei muito bom e nada exagerado.



Destaque para o piso que aquecia quando ligávamos o aquecedor, excelente pra amenizar as baixas temperaturas lá de fora. A única consideração que tenho a fazer sobre o banheiro é o fato de não haver suporte para colocar os produtos de higiene pessoal, ficando os mesmos no chão, o que me incomoda um pouco. Porém, devo alertá-los que aconteceu o mesmo em outros hotéis que me hospedei no país, o que de fato chamou minha atenção e pode ser algo mais cultural talvez.

A escolha de um bom hotel ratifica a ideia de que não há nada melhor depois de passear bastante durante o dia poder ter um sono dos deuses, não é mesmo? Por não estar situado no burburinho turístico, o silêncio também foi um ponto bastante positivo durante a estadia. Em momento algum tivemos problema com barulho, nem da rua, tampouco dos outros hóspedes. Apenas paz e uma janela com vista pra telhadinhos cheios de neve. :)

Há 5 tipos de quartos no hotel, sendo os outros 4 maiores que o que fiquei. Porém por ser um hotel-boutique, cada espaço é único, com decoração cuidadosamente selecionada de pinturas, mobiliários exclusivos e designs clássicos.

Com o friozinho gostoso que fazia, o que nos motivava a sair da cama de manhã - além de uma cidade linda lá fora - era sem dúvidas era o café da manhã

Servido na Wine Library do hotel, local muito especial onde funciona uma biblioteca com 33.000 livros que podem ser usados pelos hóspedes - uma minoria está em inglês, sendo a maioria em alemão, idioma oficial da cidade. 


Queijos suíços, um bom vinho, um bom livro e friozinho, quer combinação melhor? :) A decoração e design desse espaço é incrível, arriscaria dizer até que um dos mais interessantes e exclusivos que já vi, pois foge totalmente do óbvio e nos proporciona uma sensação de relaxamento e tranquilidade.


Destaque para os lustres do ambiente, todos feitos de garrafas da cerveja Hürlimann:


E como nem só de beleza e decoração vive um espaço, devo destacar que o café da manhã era ótimo, com boa variedade de queijos suíços, presuntos, pães, frutas, geleias, sucos naturais, etc. 


Mas o que preciso destacar mesmo são os pães servidos, quem me conhece sabe que venho de uma família de "padeiros" e que tenho paixão pelo mesmo num grau acima da média... kkk. Leves, macios, saborosos, do tipo que não pesa no estômago mesmo comendo mais de um, me ganharam do sabor à apresentação. Devo destacar que não foi a mesa de café da manhã mais farta que já vi na vida, mas reitero que tudo que comi estava muito bom.


Alguns produtos eram servidos mediante solicitação ao garçom, como as bebidas quentes e os ovos, por exemplo, que podíamos pedir de acordo com nossa preferência e então preparavam na hora. :)


Após uma boa noite de sono, um café da manhã delicioso e atendimento de primeira, chegava então a hora do lazer.

Aproveito pra tirar uma dúvida: Quem aí já tomou banho de água mineral? O B2 Boutique é o único hotel em Zurique com um spa termal na cobertura. E foi pra lá que fomos num dia cinza e feio que estivemos na cidade. 

Como viajamos no inverno, o tempo em Zurique estava bem fechado e não fez sol em dia algum, o que foi perfeito para curtir um pouco o hotel, aliás vale lembrar que estávamos de férias e também queríamos relaxar, certo?

Dedicamos umas boas horas para o Spa do hotel, que é pago à parte (60 CHF por pessoa) e dá acesso ilimitado durante 24h. Primeiro, fomos para a piscina termal que fica na cobertura, descoberta e aquecida, com vista pra cidade. Com a temperatura em Zurique na casa dos 0 graus nesse dia, a água na casa dos 35 estava maravilhosamente deliciosa. Só atrapalhou as fotos, pois além de não ser permitido tirar, havia mais fumaça do vapor que paisagem.


Por falar em água, uma característica da cerveja Hürlimann é que utilizam água mineral no processo de fabricação. Todavia, a título de curiosidade, quando ali ainda funcionava a fábrica da cerveja, perfuraram o local em busca de água, porém acabou por ter conteúdo mineral demais para a produção da bebida. Graças a isso, hoje os hóspedes do B2 podem experimentar essa água em todos os sentidos, sendo rica em minerais valiosos e promovendo relaxamento e bem-estar.

É necessário ativar previamente uma pulseirinha na recepção para acessar o Spa, pois o mesmo não é um espaço exclusivo do hotel, apesar de localizado no mesmo prédio e com acesso direto. Como dito anteriormente, não é permitido tirar fotos. Deixo-os então com duas fotos retiradas do site oficial e fiquem sabendo que as fotos transmitem perfeitamente o que o ambiente é pessoalmente.

Foto Divulgação do Spa: crédito a Adrien Barakat
Foto Divulgação do Spa: crédito a Adrien Barakat
O B2 Boutique oferece alguns pacotes, entre eles o "Just the two of us", um dos mais interessantes. Além da estadia, o pacote inclui uma noite de queijos, vinhos e luz de velas na Wine Library, além de entrada no Spa pra duas pessoas, incluindo o ritual Irish-Roman Spa (ritual que abrange uma série de tratamentos). Perfeito para casais que estejam em lua de mel e/ou que procuram algo mais romântico. Como já era de se esperar, haja vista que Zurique figura no ranking como um dos lugares com hospedagens mais caras do mundo, essa "brincadeira" começa em CHF 445.

E pra aqueles que não abrem mão de queimar as calorias numa academia mesmo durante as férias - o que claramente não é meu caso rs - o hotel tem um pequeno fitness center, apenas com aparelhos mais comuns, mas que deve atender bem quem opta por um treino mais leve. Apesar de não ter utilizado, é bom saber que temos essa opção para os dias que comermos queijo em excesso e pelo menos tentar manter a forma no país do chocolate, fondue e ovomaltine.


Nossa estadia em Zurique não poderia ter sido melhor. Passar o dia na rua e ter a certeza de um ambiente agradável, limpo e confortável à nossa espera foi sem dúvidas fundamental para curtirmos com mais conforto e tranquilidade nossos dias de férias.


Para fazer reservas ou saber um pouco mais sobre o hotel, clique aqui.

Informações adicionais:

Endereço: Brandschenkestrasse 152
Telefone: +41 44 567 67 67
E-mail: zurich@b2boutiquehotels.com
TripAdvisor: clique aqui e veja os comentários que atribuem nota 9 ao hotel, além do fato de ter possuir o Selo Travellers's Choice 2017
Booking.com: clique aqui e veja os comentários que atribuem nota 9,1 ao hotel
Wi-fi: Sim (livre)
Distância do aeroporto: 12 km
Estacionamento: Sim, valet (sobretaxa)
Recepção 24h

CLIQUE AQUI e faça a sua reserva nele







Nenhum comentário:

Postar um comentário