quarta-feira, 15 de março de 2017

El Nido: um paraíso nas Filipinas

Agora sim sentimos firmeza no que todo mundo fala sobre as belezas das Filipinas e com certeza El Nido é o lugar para se apaixonar e nunca mais esquecer!!



Rústico, com vários problemas nítidos de um país pobre terceiro mundista como casebres simples, esgoto à mostra em algumas ruas, nativos que assediam o tempo todo tentando vender alguma coisa, várias pessoas com a arcada dentária deplorável... tadinhos, dá muita muita pena, especialmente porque são, em maioria, gentis, simpáticos e solícitos.


Tudo bem que, se deixar, eles vendem até a mãe para você kkkkk... mas todos pareciam honestos, sem aquela coisa de te dar golpes, e a gente se sentiu bem seguro por lá, apesar da pobreza do povo.




Como Chegar:

Para chegar em El Nido, escolhemos o modo mais fácil e prático: compramos o voo da Air Swift, direto, de Cebu City a El Nido.

Trata-se de um avião turbo hélice com capacidade para 30 pessoas. Como não achamos no site da Air Swift a opção de comprar os quilos excedentes das bagagens, resolvemos  comprar pelo e-mail com o Art Café que vende as passagens com 20kg de bagagem despachada. Pagamos o valor total de 295 dólares para duas pessoas. Ok, não foi barato, mas diante da alternativa de voar para Puerto Princesa e perder 1 dia em El Nido por causa do deslocamento, achamos que compensou ter gastado uns $$$ a mais.

- Contatos do Art Cafe:

. flights@elnidoboutiqueandartcafe.com

. elnidoboutique@yahoo.com

. info@elnidoboutiqueandartcafe.com

✔Atenção: ao comprar com a Air Swift, se conseguir fazer contato por email, lembre-se de comprar os quilos a mais porque a passagem só dá direito a 10kg de franquia. Por email, supostamente é possível comprar um combo de 10kg por 200php. Porém, nós não conseguimos fazer contato por email (não nos responderam) e resolvemos comprar diretamente com o Art Café, em El Nido, por isso já que eles responderam prontamente, apesar de que eles cobram uma taxa de comissão pela venda por 300php. Se deixar para pagar o quilo excedente no ato do check in, custará 200php por quilo!!



Obs: Se fôssemos por Puerto Princesa, o modus operandi seria: pegar uma van que vai direto para El Nido que opera entre às 6h da manhã às 18h da noite. Se preferir um serviço particular, que é mais rápido e mais caro também, temos a sugestão dada pela Carol, do blog Vícios de Viagem, que fez o trajeto com o Motorista Arnold (Tel: 0939628-3842). São 2 paradas no caminho, sendo 20 minutos em Roxy mais 10 minutos em Tatay. 

Ou, se quiser algo econômico, pode também ir à estação de ônibus de Puerto Princesa e pegar o ônibus da linha RORO BUS, ou, ainda, de uma estação de onde saem as vans para ir de maneira independente. Custa em média 600 pesos até El Nido de van compartilhada. A viagem dura 6h. 

*SOBRE O VOO COM A AIR SWIFT*

Foi um voo bem tranquilo, de umas 2h entre Cebu City e El Nido e o assento junto à janela rendeu boas fotos e uma ótima noção da geografia insular do país que é um grande arquipélago. 

O que achamos mais legal é que cada passageiro recebe uma etiqueta para ser identificado no salão de embarque e recebe uma farta refeição para fazer antes do voo. Detalhe importante: tem que comer mesmo antes de embarcar, pois não permitem que se coma nem que se beba durante o voo, nem há serviço de bordo.

Nossa recepção não poderia ter sido melhor em El Nido! A Air Swift, pelo que entendemos, é dona do aeroporto e a única a pousar em El Nido, por enquanto. O aeroporto fica ao lado de um resort e fomos recebidos por senhoras locais trajadas com roupas que achamos que sejam típicas e cantarolando músicas que também deduzimos que sejam nativas. 

Tudo muito fofo! Ainda há um pequeno lanche à nossa espera, com café, suco, água, doces (tinha um que parecia pamonha) e biscoitos.

* Chegando em El Nido *

Após a calorosa chegada, veio a guerra pelo triciclo rsrs... Cada um mais velho e sujo do outro só para a gente entrar no clima rsrs

Eu já tinha feito contato prévio com o hotel para saber os valores praticados e eles nos informaram que o triciclo ou tuk tuk até a pousada custaria entre 200 e 300PHP. Outra opção seria a van privada por 1.000PHP. 

Achamos a van cara e, na disputa do triciclo, fechamos com um por 250php e fomos que nem sardinha enlatada até a Casa Cecilia, onde ficamos hospedados. 




** Hospedagem em El Nido ** 

Ficamos na Casa Cecilia, que foi mais uma dica da Carol, do blog Vícios de Viagem, e fizemos a  reserva diretamente via email.

. Site: http://casaceciliapalawan.com/
. Email: casacecilia.ph@gmail.com
. Período: de 2 a 6 de Março de 2017
. Total de 8.000 php para 4 dias (mais ou menos 150 euros) 
. Pagamento: feito via paypal
. Endereço: Rizal Street El Nido, Palawan, Philippines
. Telefone: 0907-692-9798, 0926-203-2413

A localização da Casa Cecilia, na cidade mesmo, a passos da praia principal de El Nido, foi bem providencial e prática. Era fácil trocar dinheiro, escolher os restaurantes, ir para os tours e ver o movimento na rua, que, em El Nido, está concentrado perto da praia principal, em suas ruelas paralelas, transversais e na areia da praia.

A Casa Cecilia, em si, é um lugar desprovido de qualquer tipo de luxo. 

Uma hospedagem modesta, com café da manhã incluído (embora bem simples também, normalmente sendo algo típico e filipino, ou seja, com muito arroz, melancia e manga rsrs), o que me atraiu para ficar lá foi o fato de ter uma pessoa conhecida como referência que se hospedou nela porque achei bem complicado encontrar algo decente em El Nido, principalmente quando comecei a ler os reviews nos sites que falavam de mofo, baratas, sujeira etc. 

Eu encaro de boa um lugar sem luxo se ao menos for limpo, com ar condicionado (se a região for quente e lá em El Nido fez muito calor), com um tamanho de quarto minimamente confortável e se tiver banheiro privativo, melhor ainda, se com água quente no chuveiro rsrs.

Então, após achar tudo por lá meio estranho e não querer ficar longe do centrinho nos resorts, que são mais afastados  (a gente curte ficar mais perto do burburinho para ter a experiência mais completa, sempre que possível), fechei com a Casa Cecilia que foi um lugar honesto.

A limpeza do quarto não era um primor, mas nada que agredisse o nosso padrão de aceitação. A decoração.... enfim, melhor deixar para lá, abstrair e entender que é um lugar simples, com funcionários simpáticos e solícitos e um preço aceitável.

Porém, se preferir dar uma espiadinha em outras alternativas de hospedagem, eu havia separado outras para avaliar, até me cansar de ver tantas coisas do roteiro e fechar com a Casa Cecilia:

- Pura Vida Hostel -  tentamos todos os contatos possíveis, mas ficamos sem resposta. Foi indicação da Flavia do blog Viagens e outras Histórias.  http://www.puravida.ph/en-p/ - office@puravida.ph – todos os quartos estão de frente para a praia – Suíte com varanda custava 80 euros e Standard custava 50 euros. 

- El Nido Beach Hotel – nota 7,1 (pelo Agoda) – inclui café da manhã, não reembolsável, R$178,00 a diária (uns R$534,00) quarto sem vista – hotel de frente para a praia

- Swiftlets Inn – (Agoda) nota 8,4 – diária de R$153,00 (total R$459), reembolsável se houver cancelamento em até 7 dias antes da chegada, com cobrança da primeira noite, incluindo café da manhã, porém, um pouco afastado do centro, mas dá para ir a pé.

- Rosanna’s Pension (Agoda) nota 7,1 – diária de R$138 em quarto sem vista (total de uns R$419,00) ou de R$188,00 em quarto com vista para o mar. Localizado de frente para a praia, sem café da manhã, não reembolsável

- Sei Nazioni Cottages (estava esgotado) – nota 8.1 – R$526 para 3 noites – com café da manhã, cancelamento cobrado

- Chariz Inn – nota 7,3 – quarto twin R$292,00 (sem café da manhã) – não reembolsável

- Balay Paragua – nota 7,2 – quarto duplo R$546,00 – não reembolsável (sem café)

- Tarao Travellodge – nota 7,3 - R$709,00 – com café da manhã, não reembolsável (passamos em frente deste e me chamou a atenção por realmente parecer bonitinho.

- Ingo Tourist Inn – nota 7,8 – R$479,00, sem café da manhã, não reembolsável

Dica: eu li que é comum faltar luz em El Nido e que era recomendável deixar sempre as baterias extras carregadas para essa eventualidade. Graças a Deus, não tivemos esse problema por lá. 

*Atrações na Ilha de Palawan*


 



. El Nido está localizado no arquipélago de Bacuit, no extremo norte da Ilha de Palawan. Foi a única atração que visitamos em Palawan.

Outros lugares bastante buscados por turistas onde não estivemos foram: 

. O rio subterrâneo que é visitado a partir de Puerto Princesa, onde está o aeroporto principal de Palawan, mas esse passeio a gente dispensou porque achei muito contra mão pelo q oferece. Vi algumas fotos e posts e não me encantou tanto.

. Coron: esse é o segundo (ou até já disputando o primeiro lugar em fama, ao lado de El Nido) destino mais procurado de Palawan. Famoso pelo azul néon que cega, pela vida marinha de deixar embasbacado com passeios que incluem naufrágios das Guerras Mundiais, sendo um verdadeiro paraíso para mergulhadores, Coron anda arrebatando corações e certamente foi com uma dor enorme no coração que não consegui incluir esse destino no roroteiro porque não daria tempo, ainda mais considerando que a gente muitas vezes perde 1 dia de passeio nos deslocamentos. Mas tenho também certeza de que ainda voltarei para suprir essa lacuna! =)

** SOBRE EL NIDO ** 

Como já mencionado, El Nido pertence ao arquipélago de Bacuit e lá nos disseram que ele compreende cerca de mil ilhas! Imagine só que todo o país das Filipinas tem pouco mais de 7.000 ilhas e só El Nido abrangeria 1.000! É bastante coisa num lugar só. 

E se Deus caprichou em várias regiões deste mundão, em El Nido Ele foi ainda mais generoso! Que mar é esse, gente? Eu tinha vontade de tirar foto o tempo todo, quase tive LER kkkkk, na vã tentativa de registrar para sempre as belezas que vimos por lá. 

Mas a verdade é que as fotos não são capazes de reproduzir o que nossos olhos realmente viram e a beleza que existe lá na sua completude! 




- TEMPERATURA:

Com clima quente o ano inteiro, a época menos chuvosa de El Nido vai de dezembro a abril. Nós arriscamos o mês de Março e fomos muito felizes. Só pegamos um chuvisco logo no primeiro dia de à noite e solzão direto!

- TEMPERATURA DA ÁGUA:

Como as Filipinas estão bem perto da linha do Equador, quase como no Caribe, então a água das praias é mais quentinha e o dia começa cedo, às 6h e o pôr do sol é por volta das 18h (em Março... mas a variação ao longo do ano deve ser pequena).

- PASSEIOS EM EL NIDO:





Há 4 tours principais que todas as agências de turismo oferecem (e é tanta agência, mas tanta, praticamente uma do lado da outra e a gente fica até meio perdido sem saber onde contratar os passeios).

As rotas são praticamente as mesmas realuzadas para todas as empresas de barco, com pequenas variações a depender da agência, da condição do mar também. Os preços, pelo que vimos lá, andando, entrando nas agências e perguntando, são os mesmos, tipo um cartel, variando entre 1.200 e 1.400php, mais a taxa de preservação ambiental que é cobrada de todos e custa 200php por pessoa, com validade de 10 dias para fazer os passeios sem precisar pagar de novo - basta pagar uma vez. 

O valor dos passeios inclui snorkel e máscara, água e almoço, que geralmente é feito no próprio barco (melhor nem procurar saber muito sobre as condições de higiene deste preparo e jogar para Deus te proteger kkk), atracado em alguma praia ou no meio do mar... sempre bem rústico.

O padrão dos tours realizados em El Nido é fazer assim:

. Tour A – Small Lagoon, Big Lagoon, Shimizu Island, Secret Lagoon, 7 Commandos Beach Tour

. B – Entatula Island, Pinagbuyutan Island, Snake Island, Cudugnon Cave, Cathedral Cave

. Tour C – Mantiloc Shrine, Secret Beach, Hidden Beach, Helicopter Island and Star Beach

. Tour D – Bukal Beach, Ipil Beach, Nat-Nat Beach, Cadlao Lagoon, Paradise Beach

Nós optamos por fazer três tours de barco em El Nido: A (1.200php), B (1.300php) e C (1.400). Todos os tours foram agendados via Casa Cecilia, onde estávamos hospedados, que nos ajudou neste quesito. A vantagem era pagar o mesmo valor que todos, porém, tendo a pousada como intermediadora, além do que só tivemos que pagarà Casa Cecilia, no final, no check out. Logo, eles agendaram tudo para a gente, o que achei cômodo para não ter mau entendido, já que o pessoal do staff da Casa Cecilia falava muito bem inglês.

Obs: mesmo assim tivemos problemas... affeee

Testamos as agências indicadas pela Casa Cecilia: El Bacuit e a Go Paradise. Acho difícil encontrar uma agência perfeita até porque as Filipinas ainda estão se despertando para o turismo e às vezes falta profissionalismo. 

Nada de grave aconteceu, porém, problemas como a demora em embarcar, chegar nos lugares lotados ou com sombra e não ter flexibilidade de mudar um pouco o itinerário, servir o almoço já frio, não ter banheiro nos barcos, motor precisar ser reparado e ficarmos um tempo esperando... enfim, nada disso estraga a beleza de El Nido só que requer uma dose extra de paciência dos turistas. Bem... estando psicologicamente preparado para isso, acho que não vai se aborrecer rsrs. 



 



Agora, em especial no caso da Go Paradise, achamos a sua equipe a bordo bem amadora e imatura. Apesar de ter sido dito que haveria água durante o passeio, eles, quando já estávamos navegando, informaram que a água era só para  o almoço, coisa que as outras agências não faziam. Achamos desaforo e bem chato. Além de terem ficado o tempo todo dando em cima de uma finlandesa. A única coisa diferenciada e realmente boa foi a comida oferecida no almoço, com camarões, caranguejos, peixes, mexilhões, arroz, muitas frutas... isso realmente foi bom porque a outra agência também fez um banquete, mas era igual todo dia, não tinha camarões nem caranguejo , e o peixe era de cor escura, bem ressacado e deu azia. Kkkkk... ou seja, nem tudo são flores, mas dá para sobreviver e esquecer tudo isso ao se deparar com a beleza estarrecedora das ilhas, pontos de mergulho e daquele mar azul maravilhoso! 

Ainda assim, se a sua praia não for encarar passeios em grupo, outra possibilidade é contratar um tour privado e negociar com o capitão o itinerário, podendo conjugar lugares dos tours que mais deseja ver (normalmente eles fazem 4 ou 5 paradas, daí poderiam ser 2 lugares do A e dois do C, por exemplo, desde que o itinerário faça um sentido para eles rsrs). 

Se os tours coletivos custam entre 1.200 e 1.400php por pessoa, o privado pode variar de 4.000 a 8.000php o valor do barco a depender da quantidade de gente e do itinerário, e tem que ver direitinho o que estará incluído no valor. Acho válido negociar e barganhar para escapar das multidões. Só não fizemos assim porque o passeio privado que a Casa Cecilia ofereceu custava uns 6.400php o barco e achamos caro na hora.

Voltando aos tours... o A e o C são os mais procurados e, portanto, os mais cheios. Normalmente, esses dois são considerados obrigatórios.






Em termos de belezas naturais, eles realmente impressionam e são melhores, em minha humilde opinião. 

Mas em termos de exclusividade e de ver lugares mais vazios e calmos, o B ganhou em disparado. E o D deve ser assim também, pois a maioria das pessoas não fica mais que 3 dias em El Nido e normalmente não dá nem tempo de fazer o D.

O Tour C, por sua vez, é considerado o melhor (pelo que foi dito lá para a gente) e realmente foi o mais cheio dentre todos porque normalmente o "melhor" é sinal de muito cheio rsrs.

Esse tour vai para o mar aberto e, por isso, depende mais das condições do mar (ondas e ventos) do que os outros tours. Se você for do tipo que enjoa, sugiro tomar algo para prevenir. Eu tomei dramin. Ele é mais caro e custa 1.400php por pessoa. 

Para terem uma ideia do tempo de duração, começou às 9:20 e terminou umas 16:40. 

Realmente, os lugares visitados neste tour são mais impressionantes, porém, a parte ruim é que o itinerário é o mesmo para todos. Logo, é difícil conseguir uma foto sem ninguém e isso tira um pouco do encanto das praias e lagoas... talvez, sem a metade da cabeçada que estava lá ao mesmo tempo, eu também teria escolhido o C como o melhor.

Para chegar na Secret Beach (Tour C), por exemplo, tem que passar por uma estreita fenda nas rochas em alto mar ou mergulhar bem fundo. Isso por si só já é algo incrível e diferente! Uma praia secreta cercada de rochas por onde só se chega se passar pela fenda... supostamente descoberta por pescadores buscando abrigo à noite para descansar... masssss, de secreta ela já não tem muita coisa, viu?




Foi impossível tirar uma foto sem aparecer uma cabeçada de gente. Nas outras, até que conseguimos, com paciência budista rsrs e esperando um pouco...

A vantagem de esperar é observar um pouco do comportamento dos demais turistas. De modo geral, os turistas asiáticos vão com blusas de manga comprida e não curtem tomar sol. Já os europeus e australianos têm o perfil oposto, torrando no sol. Chega a ser engraçado! Os asiáticos adoram fotos (sempre suspeitei da minha alma nipônica), já os europeus e australianos tiram algumas poucas e pronto.

Logo, era só uma questão de esperar um pouco e tentar tirar a nossa foto sem tantos papagaios de pirata (detalhe: os asiáticos se metem na nossa frente mesmo estando posando para foto sem cerimônias kkkk...).


Observação: Sobre crianças nos passeios em El Nido, sem desejar desanimar papais e mamães, até porque cada um que deve saber de si, confesso que vi poucas crianças pequenas por lá e, sinceramente, eu tenho sérias dúvidas se eu levaria... acho que não. Já crianças a partir de uns 7/8 anos, nós vimos algumas. 

Por fim, a impressão que tivemos é que o mundo já descobriu El Nido rsrs... era tanta gente mas tanta gente que ficamos surpresos até. Só esperamos que seja feito maior controle ambiental para não virar turismo predatório, pois, fazendo snorkeling, a gente viu latinha de cerveja, por exemplo, no fundo do mar, pessoas pisando nos corais... um absurdo e isso arrasa nossos corações!! Mas não custa ter esperança de que esse paraíso seguirá com essa sua beleza rústica sem ser destruído.


DICA: Se eu tivesse que montar meu próprio Tour com os lugares mais incríveis que vi, seriam esses:

- Small Lagoon, Big Lagoon e Secret Lagoon do Tour A + Cudugnon Cave e Pinagbuyutan Island do Tour B + Secret Beach e Hidden Beach do Tour C. 

Lembrando que não fizemos o Tour D. 

** NOSSO ROTEIRO **

2/3 - Chegada de tarde

3/3 - Tour A (saiu às 9:30 e voltou às 17:40) - fizemos uma parada diferente na Addbeanch para snorkeling e não fomos na Shimizu 

4/3 - Tour C (saiu às 9:20 e voltou às 16:40) + pôr do sol na praia de Las Cabañas

5/3 - Tour B (saiu umas 9:30 e voltou às 16:30) + pôr do sol no La Republica Sunset Bar

6/3 - Passeio pelas praias Nacpan e Las Cabañas de triciclo.

Nacpan fica ao norte do povoado e Calitang, a 1h de triciclo da cidade, e tem um estilo meio "Nordeste Brasileiro" de praia: comprida, com muuuuita areia, poucas pedrinhas, barracas de praia, cadeiras, espreguiçadeiras, restaurantes... mas tudo muuuito rústico e simples. 

Contratamos um triciclo com motorista por 1.500php que ficou cerca de 7h conosco e fechamos o dia em Las Cabañas. Quando fomos para ver o pôr do sol, ficamos perto da escadaria de acesso. Dessa vez, ao voltar, ficamos no lado oposto, onde há vários bares, um grudado no outro, com muita música e mais descolado.

No último dia, para otimizar o tempo e não precisar pagar mais uma diária, já que pegaríamos a van para Puerto Princesa às 19h, deixamos as bagagens na recepção e fomos para as praias. Na volta, tomamos banho no banheiro do térreo e fomos com a van Camarih para Puerto Princesa (600php - 6h de viagem) onde dormimos para pagar voo cedo no dia seguinte para o próximo destino.

Eu estava preocupada porque deslocamento era à noite e podia ter algum imprevisto, mas deu tudo certo, graças a Deus. Foram feitas 2 pausas,  uma de 10 minutos para banheiro (que estava impraticável para mulheres) e outra de 30 minutos para lanche e banheiro, em um lugar bem decente e limpinho.

Obs: Eu - Lily - tive uma ziquezira em El Nido que começou com enjoo, evoluiu para dor de barriga e depois diarreia. Foram 2 dias reinando! kkkk... peeeensem na pessoa aqui levando rolo de papel higiênico nos passeios? Foi tenso, viu? 

A única "vantagem" foi dar uma afinada no shape kkkk.

Mas agora falando sério, pode ter sido tanta coisa, desde 1 camarão ruim a um suco com água suspeita. Todos os tours incluem almoço feito no barco em condições higiênicas duvidosas.

Fogo, né? Não tem muito como adivinhar, especialmente porque eu e Julio dividimos tudo e ele, graças a Deus, teve nada!

Enfim, a dica é TOMAR MUITO CUIDADO! Tomar as vacinas para difteria e hepatite é altamente recomendável e nós demos esse mole e não tomamos. 

Outra dica é trazer sua farmácia própria! Buscopan, Tylenol, Dipirona, Dramin, Vonau, anti ácidos, lactobacilos. ... tudo ajuda e pode remediar bem imprevistos sem precisar ir a uma clínica médica, como foi no meu caso. 

Mesmo assim, fomos à farmácia e comprei um remédio que me indicaram lá para diarreia. 

No fim, o preju foi pequeno porque não deixei de fazer os passeios. Só que fui baqueada, curtindo menos do que gostaria.

Em todo caso, fica aí o alerta para vocês. 

* PUERTO PRINCESA *

Tivemos apenas um pernoite lá para pegar um voo na manhã seguinte para Boracay, com conexão em Manila.

Escolhemos o Hotel Fersal porque dava para ir a pé para o aeroporto e parecia ser um bom hotel. De fato, atendeu-nos muito bem. Fomos caminhando para o aeroporto (10 minutos de caminhada no máximo!!!) e o café da manhã era bem farto.

- Fersal Hotel tem nota 8,2 no Booking.com, com 104 avaliações. Inclui com café da manhã e fica bem perto: diária por R$130,00 + iof (cartão de crédito).

Algumas sugestões de outros hotéis em Puerto Princesa próximos ao aeroporto (com airport shuttle gratuito ou nao):

- Blue Lagoon In & Suites – nota 8.1 – R$85,00 (sem café), sem shuttle para o aeroporto 

- Acacia Tree Garden Hotel – nota 8 – R$120,00 (com café) – em caso de cancelamento, não é totalmente gratuito

- D´Lucky Garden Inn – nota 8 – R$70,00 (com café) – não tem cancelamento gratuito e o shuttle é cobrado

- Isabelle Mansion – nota 8.4 – R$87,00 – shuttle gratuito (com café) – cancelamento gratuito

- Islands Stay Hotel – nota 8.5 – R$104,00 – cancelamento gratuito (sem café), shuttle gratuito

- Butterfly Totem Guesthouse – nota 8,4 – com café da manhã, cancelamento gratuito, R$65,00 – shuttle cobrado à parte

- AirportSide Inn – nota 7.3 – com café da manhã e shuttle, cancelamento gratuito – R$51.00

NO AEROPORTO EM PUERTO PRINCESA: eles pedem para apresentar a passagem antes de entrar no aeroporto. 

Você passa por 2 máquinas de raio X, sendo um logo quando entra no aeroporto e outro para embarcar. 

Tem que pagar uma taxa de aeroporto em dinheiro de 200php. E procure saber se sua passagem inclui a taxa de 700php para voo internacional.

** GASTOS QUE TIVEMOS **

Com o propósito de auxiliar no planejamento da viagem de vocês e também para o nosso próprio controle de gastos, vejam aqui os preços de alguns produtos e serviços:

Valores por pessoa:

. Tour A - 1.200php 
. Tour B - 1.300php
. Tour C - 1.400php

- Taxa de 200php por pessoa, válida por 10 dias, para fazer os passeios no parque nacional.

- Transfer para Puerto Princesa - 600php

- Câmbio: 1usd = 49,30php

- Triciclo:

. do aeroporto de El Nido até a Casa Cecília (o trecho): 250php

. da Casa Cecília até Las Cabañas: 150php (o trecho)

. da Casa Cecília ao Republica Sunset Bar: 50php (o trecho)

. passeio dia inteiro a Nacpan Beach e Las Cabañas: 1.500php

- Restaurantes:

. Em Las Cabañas: hambúrguer por 350php; shake de banana por 160php

. Republica Sunset Bar: shake de banana por 120php, cerveja San Miguel por 70php, tapas em torno dos 200php

. Seafood Resto Bar: frutos do mar grelhados  (2 lulas, 8 camarões), cerveja mais cocktail por 1.200php 

. Crepe de Nutella mais 2 bolas de sorvete: 300php 

. Restaurante Jarace Grill (de frente para a praia): frutos do mar grelhados e cerveja por uns 900php 

. Coco nos passeios: 50php 

. Aluguel de caiaque na Big e Small Lagoon: 300php em caiaque duplo em cada lagoa

. Taxa de 200php por pessoa para embarcar no aeroporto de Puerto Princesa 

. Lavanderia perto da Casa Cecília: 3kg de roupa por 300php

Um comentário:

  1. Tenho muita vontade de conhecer! Suas dicas estão ótimas, tudo muito bem explicadinho como sempre. Beijos

    ResponderExcluir