quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Da Brambini: Tradicional restaurante italiano no Leme traz novidades em seu cardápio

O blog Apaixonados por Viagens foi convidado para conhecer as novidades do cardápio do restaurante Da Brambini e a nossa colaboradora e colunista, Rô Rocco, esteve lá conferindo tudo para contar aqui para a gente!

O Leme é aquele bairro tradicional carioca de ruas tranquilas, quase sem trânsito e que esconde certas preciosidades que só quem mora no bairro acaba conhecendo. Quando comentei com uma amiga que eu havia conhecido um restaurante no bairro dela, o Da Brambini, qual foi a minha surpresa quando ela me contou que a mãe dela é frequentadora assídua do restaurante e o apelidou de “Lugar Secreto – LS”.


Foi exatamente esse o sentimento que eu tive ao conhecer o Da Brambini, esse restaurante tradicionalíssimo no coração do Leme com ares de trattoria italiana, cuja existência eu desconhecia até então. O nome da casa é o sobrenome do ex dono, Carlo da Brambini, mas que a atual direção fez questão de manter.

Iniciamos os trabalhos experimentando o couvert da casa que estava muito saboroso! Achei também a quantidade bem generosa e o preço justo (R$25,00).




Conhecemos as tradicionais massas da casa, como o tortelone de ricota e espinafre com cogumelos shitake (R$59,00) e o tortelone verde recheados com abóbora (R$58,00). O prato foi finalizado com um azeite trufado. Como eu aprecio a mistura dos sabores doces e salgados, o meu preferido foi sem dúvida o tortelone verde com abóbora. Estava simplesmente divino.



A novidade da noite ficou por conta das paletas de cordeiro com batatas ao forno. As paletas estavam bem macias, pois ficam 24 horas marinando e possuem um tempo de cozimento que varia de 4 a 6 horas.



Para quem gosta de comida tradicional com aquele sabor de comida caseira é literalmente um prato feito. Achei que o acompanhamento poderia ter sido um pouco mais elaborado. O cordeiro é uma carne muito nobre que demandaria um acompanhamento à altura dele, por isso não me encantou tanto o fato de ele ser servido com batatas ao forno.

Outra coisa que eu observei foi o empratamento que é a arte da apresentação do prato. Achei que poderia ter sido um pouco mais caprichada, principalmente por se tratar de uma carne tão ilustre como a de cordeiro.

O vinho servido de acompanhamento foi um Cabernet Sauvignon Carmen Insigne chileno (safra 2015) que também não me surpreendeu muito.



A outra opção de prato principal servida foi o Filet de Peixe (Pargo) com legumes. Para o paladar de uma das convidadas que pediu o prato, estava bom o peixe. Eu, Rosana, não experimentei.


Para finalizar a noite, foi servida a sobremesa tipicamente italiana, um tiramisù que estava, para o meu paladar, uma delícia, porém as camadas de biscoito champagne estavam moles demais. 



Na receita original elas são embebidas no café e acredito que tenham ficado muito tempo embebidas. Nada que tirasse o brilho da sobremesa, porém para os apreciadores de carteirinha desta sobremesa, isso poderia ser um problema.

Você sabia que tiramisù vem da composição das palavras italianas “de tira + mi + su” que traduzindo significa "levanta-me" ou "puxa-me para cima"? É assim chamado por ser muito energético! Pude comprovar isso.

O atendimento foi sublime! Os pratos vieram na temperatura certa e os que eu escolhi estavam saborosos. Achei o ambiente intimista da casa formidável.




Com certeza, trata-se de um daqueles Lugares Secretos mesmo para levar uma amiga ou um amigo especial para um jantar com direito a muitas risadas! Quem estava lá no dia, sabe do que eu estou falando.

Beijos e até a próxima,


Ficha Técnica Da Brambini:

Endereço: Av. Atlântica, 514 B - Leme, Rio de Janeiro

Telefone: (21) 2275-4346

Horário de funcionamento: de 12:00h até o último cliente

Cartões de crédito: Todos. Cartões de débito: Todos.

Cartões de refeição e Tickets: Não aceitam.

Possui Wi-fi? Sim

Site: Em construção

Inauguração: 1991

Capacidade: 38 lugares

Tem estacionamento/vallet? Sim.

Tem comanda/cartão de consumo individual? Não

Cobra entrada? Não Consumação mínima? Não


Nenhum comentário:

Postar um comentário