quinta-feira, 19 de março de 2015

Pelotas: o maior produtor de doces do Brasil

Não riem de mim, mas eu vi uma reportagem na Ana Maria Braga (sim, às vezes eu assisto ao programa dela quando estou na academia malhando pela manhã... tudo a ver, né? Malhar vendo receitas de comidas maravilhosas! kkkk), mas então, eu vi uma matéria muito legal que me chamou a atenção sobre a cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul.

Foto do site Fenadoce - créditos: Flávio Neves

Eu ainda não conheço Pelotas, mas fiquei encantada por ver seus casarios antigos - e tem tours dentro de alguns desses palacetes, que remontam aos tempos áureos da região, contando um pouco da história da cidade e de sua nobreza.

Porém, o que realmente me chamou a atenção foi descobrir que a cidade de Pelotas é conhecida por ser a que mais fabrica e vende doces no Brasil!

Gente, são milhões de doces por ano! 

Daí, curiosa que sou, fui pesquisar um pouco mais sobre essa relação doceira entre Pelotas e o Açúcar rsrs...


Foto do site Fenadoce - créditos: Flávio Neves

Pelotas é uma cidade grande, a terceira maior do RS, mais ao sul, a cerca de 257km da capital Porto Alegre. Sua riqueza veio da produção do charque, que era produzido lá e vendido para todo o Brasil. O sucesso da produção e venda do charque fez com que os charqueadores (como eram chamados) construíssem palacetes e casarios belíssimos, como forma de expressar as suas fortunas. Mas só ganhou mesmo o título de cidade em 1835, embora a sua história venha desde os idos de 1758.

Foto do site Fenadoce - créditos: Flávio Neves

E foi nas charqueadas, grandes propriedades rurais de caráter industrial, que viveram os Barões da Carne Salgada. E assim Pelotas ficou identificada até as primeiras décadas do século XX.

Foto do site Fenadoce - créditos: Flávio Neves

O tempo passou com muita troca entre charque e açúcar - Sul e Nordeste - e as famílias de Pelotas foram usando esse açúcar em doces finos, seguindo as tradições principalmente portuguesas (origem das famílias dos primeiros charqueadores), tornando o doce de bandeja um sinônimo de requinte para banquetes e festas e, hoje, com as tradições mantidas, os doces caseiros, os de frutas cristalizadas,  os portugueses e muitos outros das mais diversas formas e sabores, fazem a cidade ser lembrada no cenário gastronômico e turístico, além do histórico.

A Fenadoce - Feira Nacional de Doces de Pelotas - veio consagrar essa tradição e, sendo um evento realizado desde 1986, destacou a cidade como grande produtora de doces no Brasil. E são milhões de doces por ano! E é levado tão a sério que já lançaram o selo de Autenticidade do Doce de Pelotas.

Foto do site Fenadoce - créditos: Flávio Neves

A Feira acabou virando a principal atração turística do sul do Rio Grande do Sul, principalmente por misturar gastronomia, shows e turismo, atraindo milhares de turistas para a cidade na época em que é realizada, que costuma ser sempre perto do meio do ano.

Foto do site Fenadoce - créditos: Flávio Neves

Só um detalhe: foram mais de 2 milhões de doces vendidos na última feira de 2014!!

Bem bacana, não? Confesso que me deu água na boca e muita vontade de ir!

E a 23° Fenadoces acontecerá entre os dias 27 de Maio e 14 de Junho de 2015.

Foto do site Fenadoce - créditos: Flávio Neves

Acompanhe também na página do Facebook do evento as novidades para esse ano.

Mais informações no site oficial da Fenadoces.

Saiba como chegar acessando aqui esse link.

Foto do site Fenadoce - créditos: Flávio Neves

Um pouco mais da história de Pelotas e sua relação com os Doces, veja aqui.

E se for a Pelotas para a Fenadoces, aproveite para explorar mais a região, que oferece atrativos de ecoturismo e culturais bem interessantes.

  •  Cachoeira Arco-Íris

  •  Cachoeira Paraíso

  •  Camping Moinho das Pedras

  •  Centro Holístico de Convivência

  •  Chácara dos Pinus

  •  Família Camelatto

  •  Monte Bonito Colônia Zona Sul

  •  Museu Etnográfico da Colônia Maciel

  •  Parque Nova Cascata

  •  Pousada e Camping do Moinho

  •  Pousada do Monte

  •  Recanto dos Coswig

  •  Pousada Gruppelli

  •  Santuário Nossa Senhora de Guadalupe

  •  Sítio e Pousada águas Claras

  •  Sítio Panamar

  •  Templo das águas

  •  Vinhos Schiavon
E para o Turismo Cultural, veja aqui muitas dicas do que ver e fazer em Pelotas.

Como Chegar em Pelotas:

Aéreo: Aeroporto Internacional está equipado para receber aviões de grande porte e oferece quatro salas de embarque e desembarque de passageiros. Atualmente Pelotas dispõe de vôos Pelotas/Porto Alegre e Porto Alegre/Pelotas, realizados pela NHT e Azul - Linhas Aereas


Rodoviário: Pelotas situa-se na confluência das rodovias BR 116, BR 392, BR471, que juntas fazem a ligação aos países do Mercosul e a todas as capitais e portos do Brasil.



Nenhum comentário:

Postar um comentário