sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

O Melhor de Los Roques!

E como já dizia algum sábio poeta: Recordar é Viver! Sendo assim, que tal recordarmos juntos um pouquinho desse paraíso que tanto me encantou e emocionou com suas belezas: BEM VINDOS A LOS ROQUES! 

Cayo de Água

Ainda não completou 1 ano desde que conheci esse lugar belíssimo e a saudade já é grande demais! Quem me dera poder voltar todo ano lá, viu? 

Ir a Los Roques, arquipélago caribenho que pertence à Venezuela, foi a realização de um sonho que eu nutria desde 2009, que se tornou realidade em abril de 2014.




Infelizmente, a Venezuela ainda enfrenta uma forte crise política, econômica e social. 

Portanto, o planejamento para a viagem requer paciência para lidar com algumas confusões e alterações, principalmente na questão aérea. Passagens sendo canceladas e remarcadas ou voos internos sendo alterados de horário ou de aeroporto, é um cenário comum. Lamentavelmente, enquanto a Venezuela estiver passando por essa crise, esse não é um dos mais tranquilos nem fáceis destinos em termos de organização de viagem e conheço quem tenha cancelado a sua ida para lá recentemente às vésperas, justamente por conta dessa confusão toda. Quem sabe um dia não surge uma alternativa diferente para chegar lá, que não seja pela Venezuela, né?

Agora, se você tiver calma, um coração forte para aguentar as emoções e contar com muita sorte, verá que o esforço vale a pena! A cerca de 40 minutos de voo do norte da região metropolitana de Caracas, chega-se em Los Roques de aviãozinho (bem "inho") porque a pista para aterrissar é pequena.

O bom é que Los Roques tanto pode ser bastante divertido para amigos e para famílias, como pode ser bastante romântico para casais apaixonados e até mesmo em lua de mel. Que tal ter uma ilha só para você? Lembra daquela brincadeira que perguntava quem você levaria para uma ilha deserta? É mais ou menos assim:


A ilha principal é a Gran Roque, onde estão as pousadas. Não há praias próprias para banho em Gran Roque, por isso a rotina diária obrigada a fazer um passeio de lancha todo dia para uma praia ou cayo diferente. Considerando que são mais de 300 ilhas/ilhotas/bancos de areia, dá para variar bem, não acham? 


o que tem de bom para fazer? No Paraíso, você pode tanto curtir as praias e aproveitar esse tempo para descansar.. mas também pode se cansar bastante com as atividades e esportes náuticos. 

Para apenas descansar, não precisa de muito além de contemplar aquele mar maravilhoso em tons de azul e verde fluorescentes. 50 Tons de Cinza que nada! Eu sou muito mais os 50 Tons de Azul de Los Roques!!! 

Um bom livro, uma musiquinha (sugiro levar um iPod/MP3), caminhadas, frescobol, petecas, bola, observar os pássaros, ficar boiando naquelas águas maravilhosas e curtindo o ócio, entre outros entretenimentos lights, combinam perfeitamente com LosRoques.




Se você for mais adepto à prática de esportes, também vai se encontrar por lá: SUP - Stand Up Paddle, Caiaque, Windsurf, Kitesurf, além de muito mergulho, com cilindro ou do tipo flutuação com snorkel, fazem a alegria dos que possuem um perfil mais agitado.

A parte difícil é administrar uma mala que necessita ser leve. 10kg, se voar com Chapi Air ou 15kg com Aerotuy, aeronave um pouco maior, com cerca de 40 lugares (essas eram as franquias em 2014. Sugiro sempre tentar se informar antes para ver se houve mudança... vai que?).

No caso dos esportistas que desejam carregar seus equipamentos (kite, wind, surf), recomendo verificar direitinho a questão do peso para não ter problemas no embarque. É possível pagar pelo excesso de peso, mas se o peso total da aeronave já estiver no seu limite, não há muito o que fazer, além de despachar o equipamento em outro voo.


**O MELHOR DE LOS ROQUES**

1) PÔR DO SOL

Pois é, comecei logo pelo final do dia! Mas é que, indiscutivelmente, este é um dos mais belos que já vi na vida!


Seja da praia de Gran Roque, do barco, de outra praia, do Farol... aprecie o pôr do sol sem pressa...  É um espetáculo de cores, além do balé das gaivotas e pelicanos que tornam o cenário ainda mais rico!!

Eu tive a oportunidade de prestigiar a despedida do Astro Rei praticamente todos os dias, a partir das 18h. O meu lugar favorito para ver era de Gran Roque mesmo, na praia, depois da Igrejinha. O show dado pelos pelicanos e gaivotas, em harmonia perfeita com os barcos de passeio e de pesca, era incrível!

Pôr do sol visto de Gran Roque

E também gostei muito de ver o pôr do sol em Madrisquí, onde o sol se punha no mar. Essa é outra questão interessante, porque, nas ilhas próximas a Gran Roque, pela posição que ficam, nem sempre tem como ver o pôr do sol no mar ("o sol beijando mar").

2) MERGULHO

Com snorkel ou com cilindroo mergulho em Los Roques revela águas cristalinas e muitos corais. A quantidade de corais é realmente algo impressionante. 


Peixinhos e peixões, estes em quantidades menores, barracudas, tartarugas marinhas, lagostas, arraias, tubarões compõem esse cenário marinho roquenho. E, como sempre me perguntam, não se compara a Fernando de Noronha, arquipélago brasileiro. Porque, em Noronha, a vida marinha é bem farta e fácil de ver.

Mergulho de Snorkel em Boca de Sebastopol

Melhores lugares para fazer snorkel:

. Boca de Sebastopol
. Boca del Medio
. Boca de Cote
. Laguna de Francisquí (fica em Francisquí de Arriba)
. Cayo Vapor
. Crasquí
. Pelona de Rabusquí
. Cayo Pirata


3) PRAIAS, CAYOS, ILHAS

A rotina em Los Roques é todo dia parecida: tomar café da manhã, decidir o passeio do dia, pegar a lancha no píer entre 9:30 e 10:00, ir para alguma ilha diferente, almoçar por lá com o lanche preparado pela pousada (em cava/cooler) ou em algum restaurante, se houver na ilha, voltar até umas 17:00, assistir ou não ao pôr do sol, tomar um drink nos bares como o Aquarena, Arrecife ou o Canto de la Ballena, jantar na pousada, dar uma voltinha na pracinha, dormir.... e no dia seguinte, mais um passeio novo!


Eu, como passei 10 dias em Los Roques, pude conhecer várias ilhas lindas. Para mim, as melhores e mais bonitas, em ordem, foram:

Cayo de Água

- Cayo de Água
- Carenero
- Madrisquí
- Crasquí
- Francisquí de Arriba
- Nordensquí
- Cayo Vapor

Dos Mosquises, onde há o projeto das tartarugas marinhas


Mas também estive em Rabusquí, Sarquí, Pelona de Rabusquí, Cayo Pirata, Noronquí, Bajo Fabian, Francisquí de Abajo e del Medio, Palafito e Botoquí.


Todas têm suas belezas, encantos, mar azul piscina clássico do Caribe... umas com mais algas, algumas com guaripetes (espécies de calangos), outras com cachorros que não suportam kitesurfistas (caso de Carenero), mas todas incríveis e bonitas. A maioria tem banco de corais e piscinas naturais para mergulhar.


Tem como não se apaixonar por Los Roques? Agora vamos fazer uma corrente de pensamento positivo para que a situação da Venezuela melhore, que o país encontre paz e normalize sua situação social, econômica e financeira, e também torcer para que surja outra forma de chegar em Los Roques que não seja pela Venezuela para facilitar a vida dos turistas. Aí sim seria perfeito!

Carenero




2 comentários:

  1. Ola!!

    Muito interessante o post e muito explicativo!
    Estou pensando em viajar em março/abril de 2017. Só queria saber quanto que custava em média os passeios de lancha pra levar até uma ilhazinha ? Os preços la são muito caros(restaurantes, passeios..) ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Thomy! Tudo bom?
      Los Roques é o paraíso!!! Um dos lugares mais lindos em que já estivemos!
      Você já viu o nosso Guia Completo de Los Roques? Nele tem os preços também. Acesse esse link e verá lá - http://www.blogapaixonadosporviagens.com.br/2014/04/guia-de-los-roques-entenda-o.html

      Lembrando que eu fui em 2014. Ou seja, há quase 3 anos e os valores podem e devem ter mudado, principalmente porque a Venezuela segue mergulhada em forte crise.

      Sobre os restaurantes, nós ficamos na Pousada La Cigala que era All Inclusive (café da manhã, cooler com almoço, bebidas, lanche que levávamos para as praias/ilhas, e jantar tudo incluído no preço da diária).

      Espero ter ajudado. Depois nos conte como foi a sua experiência!
      Feliz 2017!
      Abraços,
      Lily

      Excluir