segunda-feira, 8 de julho de 2013

JMJ: Quem Viaja e Quem Fica no RJ?

Faltando 2 semanas para o início da Jornada Mundial da Juventude, as celebrações da Pré-Jornada estão a todo vapor, principalmente com a chegada da Cruz Peregrina e Ícone de Nossa Senhora, no Rio de Janeiro.

Na tentativa de desafogar o trânsito e evitar um caos mais generalizado do que promete ser, o Prefeito Eduardo Paes decretou feriado na Cidade Maravilhosa, que ficou assim:

- Dia 23 de Julho, feriado a partir das 16h
- Dias 25 e 26 de Julho, feriados o dia inteiro
- Dia 29 de Julho, feriado até às 12h

Portanto, aos desavisados, percebam que o expediente será normal no dia 24 de julho - quarta feira. Além disso,  o feriado não envolve o comércio e atrações turísticas (bom para os peregrinos, que poderão aproveitar uma folguinha das orações e da agenda da Jornada para conhecer o Rio de Janeiro e fazer comprinhas, considerando que as liquidações de inverno estão bombando na cidade!!).

Ah sim, é claro que o esquema de segurança está sendo reforçado, pois ainda há risco de manifestações. Infelizmente, não tem como prever com tanta antecedência se ocorrerá e onde será... Minha sugestão, é acompanhar pelo facebook para buscar informações.

Então, pela agenda oficial, o maior palco de eventos e, certamente, de tumulto será o bairro de Copacabana.

Aliás, o Metrô Rio já começou a vender as passagens de metrô para os dias 25 e 26 de julho, pois no dia 25 ocorrerá a Acolhida do Papa em Copacabana e no dia 26 será a Via Sacra, que percorrerá 14 estações ao longo da Avenida Atlântica, com 13 palcos que terão encenações e participação de famosos como Ana Maria Braga, Cássia Kiss, Eriberto Leão (sempre os globais!!), cantores como Luan Santana e, é claro, o Papa Francisco, que marcará sua presença.

A venda antecipada de bilhetes do Metrô vai até o dia 17, das 9h às 21h, nas bilheterias das estações Pavuna, Del Castilho, Maracanã, Saens Peña, Praça Onze, Central, Carioca, Glória, Flamengo, Botafogo e Siqueira Campos.

Entre os dias 18 e 24 de julho, o cartão especial será vendido somente nas estações Pavuna, Maracanã, Praça Onze, Central, Carioca e Glória.

Nos dois dias dos eventos, dia 25 e 26, entre 12h e 05h, serão disponibilizados 231,9 mil cartões a cada dia, sendo que deste total, 171,2 mil cartões serão de ida e volta que vão custar R$6,40. Outros 29 mil de ida e outros 31,4 mil só de volta. Cada trecho custará R$3,20.

Os passageiros com direito à gratuidade - pessoas com deficiência e maiores de 65 anos - terão 13 mil bilhetes à sua disposição, sendo 7 mil para a ida, divididos pelas faixas de horários, e 6 mil para as viagens de volta. O passageiro deverá comparecer a uma das bilheterias especiais e comprovar que tem direito ao bilhete da gratuidade. 

Para chegar em Copacabana, deverá ser escolhida uma dentre as 7 faixas de horários, entre às 12h e às 19h e, feita a escolha, efetuar a comprar do cartão correspondente.

A volta acontecerá sem horário marcado, entre às 19h e às 05h, mas somente com cartão pré-adquirido!!

O METRÔ RIO RECOMENDA QUE A COMPRA SEJA FEITA O QUANTO ANTES, PARA QUE O USUÁRIO POSSA PLANEJAR MELHOR O EMBARQUE NO HORÁRIO PREFERIDO.

Cada usuário tem o limite de compra de até 10 cartões especiais e, durante a Jornada Mundial da Juventude, NÃO SERÁ ACEITO PELO METRÔ NENHUM OUTRO TIPO DE CARTÃO.

Para ficar mais por dentro da PROGRAMAÇÃO e AGENDA da JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE, basta acompanhar pelo site oficial. 

Algumas informações sobre horários exatos da Acolhida do Papa em Copacabana ou do início da Via Sacra, por exemplo, ainda não foram divulgadas (ou pelo menos eu não consegui achar). Haverá também missa em Aparecida, com a presença do Papa Francisco, no dia 24 de julho.

Já com relação à Missa que será celebrada em Pedra de Guaratiba, no dia 28, Campus Fidei, a programação indica que os peregrinos já sairão no dia anterior - sábado, dia 27 - e o transporte público deixará em local próximo ao Campus Fidei, com a necessária caminhada para chegar finalmente ao campo.

A tradição é da realização dessa caminhada que poderá variar de 6 a 13 quilômetros - a depender do ponto de onde começará, considerando que serão 3 pontos de acesso. Afinal, já que a Jornada é da Juventude, tem que ter disposição para chegar em Campus Fidei a partir da caminhada, permanecer em vigília durante a noite (é indispensável levar colchão e coberta e não serão aceitas tendas ou barracas) para estar firme e forte, no dia seguinte, durante a missa do Papa e, no retorno, caminhar novamente mais 6 a 13 quilômetros!!

Portanto, para ser peregrino tem que ter disposição e estar preparado para caminhar até MEIA MARATONA (13 + 13km!!).

Inclusive, a Prefeitura do Rio de Janeiro andou divulgando que a expectativa para esvaziamento total de Guaratiba, após a missa, é de cerca de 23 horas no total!!!

O nosso querido Prefeito anda bastante preocupado, não apenas com as manifestações. Em entrevistas e coletivas, ele andou pedindo ao povo carioca bastante paciência com a Jornada Mundial da Juventude e disse que, na visão dele, esse será um evento de maior porte do que a própria Olimpíadas de 2016, já que são esperados de 1,5 a 2 milhões de peregrinos ao todo!!! (Considerando que as Olimpíadas levam praticamente um mês e que a Jornada será em menos de 1 semana, basta fazer as contas e a proporção para realmente concluir pela magnitude da JMJ!!). 

Se Deus quiser, o clima vai ajudar!! (pois eu nem consigo imaginar como será toda essa peregrinação e acampamento com chuva... bora começar a rezar para São Pedro também, viu??).

Para maiores detalhes, vejam abaixo alguns extratos dos sites oficiais:

Programação | Julho 2013
 


1.1 Missa de abertura, dia 23
A primeira grande cerimônia da JMJ Rio2013 é a acolhida dos jovens pelo arcebispo local, Dom Orani João Tempesta, no dia 23 de julho, terça-feira, em Copacabana. É o único evento que não conta com a presença do Sumo Pontífice.

1.2 Acolhida do Papa, dia 25
No dia 25 de julho, quinta-feira, o Papa chega ao Rio de Janeiro e encontra os jovens dos cinco continentes na praia de Copacabana, onde será celebrada sua cerimônia de acolhida. Como não é uma Missa, haverá um rito de acolhida em que a Palavra de Deus é proclamada. O arcebispo local fará uma saudação ao Papa, que falará para todos os jovens.

1.3 Via-Sacra, dia 26
No dia 26 de julho, sexta-feira, é realizada a Via-Sacra. Trata-se de uma antiga tradição da Igreja. A Via-Sacra ocorre porque a Jornada é um encontro com Cristo. Então, nos voltamos para o mistério máximo de Jesus que é a sua morte e ressureição. O Papa conduz o momento que acontecerá na praia de Copacabana.

1.4 Vigília, dia 27
No sábado, dia 27 de julho, todos os peregrinos vão até Guaratiba, bairro da Zona Oeste do Rio, para participar da Vigília com o Papa. O local foi especialmente preparado para receber a programação da JMJ Rio 2013 e é chamado Campus Fidei, que significa “Campo da Fé”.

Os peregrinos chegarão até a entrada do bairro de Guaratiba utilizando o transporte público. A partir dai, é tradição nas Jornadas que os jovens sigam em peregrinação até o local da Vigília. Estima-se que a caminhada da edição Rio2013 terá entre seis e 13 quilômetros até o Campus Fidei.

O Campus Fidei terá três acessos e, a partir da área do palco, serão construídos os lotes para 30 e 50 mil pessoas em cada um. Nos lotes haverá banheiros, bebedouros, postos médicos, telão, som, alimentação, tendas de adoração e tenda de venda de produtos. Também haverá duas ilhas dependendo do tamanho do lote, para evitar que as pessoas tenham que se deslocar muito para chegar aos serviços. Foram planejadas 59 ilhas de serviço distribuídas por 37 lotes. Os peregrinos que se inscreveram receberão os kits de alimentação nos acessos ao Campus Fidei.

Até o horário da chegada do Papa estão sendo planejadas atividades para entreter os peregrinos. O Sumo Pontífice vai chegar de helicóptero ao local. Além de direcionar um discurso aos jovens, ele vai conduzir a adoração ao Santíssimo Sacramento, que é intercalado entre momentos de oração, contemplação e silêncio.

Encerrada as atividades, os peregrinos passam a noite no local. É indispensável trazer colchonetes ou sacos de dormir, bem como todo o material necessário para isso. Não será permitida a montagem de barracas ou tendas.

1.5 Missa de envio, dia 28
Este é o último ato central da Jornada. Depois de permanecerem acampados durante a noite no Campus Fidei, os peregrinos despertam já com uma programação especial para se prepararem para a Santa Missa presidida pelo Santo Padre, em ação de graças pela JMJ Rio2013. No palco haverá a oração das laudes e apresentações artísticas e culturais até o início da celebração.

O Papa chegará novamente de helicóptero e se locomoverá de Papa Móvel entre o público ao se dirigir para o palco principal para a Santa Missa. Nesta mesma celebração, os jovens receberão a bênção de envio, pois a Jornada é uma preparação para a grande missão que se inicia após o evento. Também será anunciada pelo Papa a cidade sede da próxima Jornada Mundial da Juventude.

2. Catequeses
Organizadas e distribuídas em mais de 400 locais da região metropolitana do Rio de Janeiro, as catequeses serão presididas por bispos de diversos países. É a parte que aprofunda o tema divulgado pelo Papa. Os nomes desses bispos são indicados pelo Pontifício Conselho para os Leigos (que é o Comitê Organizador Central das Jornadas) e deverão ser divulgados 30 dias antes da JMJ.

Mais de 300 lugares já estão cadastrados. Os peregrinos serão direcionados às catequeses próximas aos locais de hospedagem, divididos por grupos linguísticos. Elas acontecerão nos dias 24, 25 e 26 de julho, pela manhã. O café da manhã será disponibilizado nos locais de catequese, mesmo para aqueles que optarem por um alojamento particular (não integrado ao sistema da JMJ).

3. Festival da Juventude
O Festival da Juventude será realizado em várias áreas do Rio de Janeiro entre 22 e 26 de julho (excluindo o tempo dedicado às catequeses e aos atos centrais). Será composto por vários eventos, através dos quais serão compartilhadas experiências artísticas, religiosas e espirituais da vida e da fé dos jovens do mundo todo. Seguindo esses critérios, o Festival da Juventude poderá incluir reuniões de oração, mas também amostras, vigílias, concertos, recitais, filmes, músicas, dança e teatro, bem como momentos de partilha propostos pelas conferências episcopais, ou por movimentos, associações, pastorais, comunidades de leigos e congregações religiosas.

4. Feira Vocacional
A feira vocacional é um evento dentro da programação oficial que tem como objetivo levar os jovens a perguntar o que Deus espera da vida deles. Serão 130 expositores, 150 estandes, 50 confessionários, palcos para shows, oficinas de palestras e uma tenda de adoração ao Santíssimo Sacramento, além da praça de alimentação, que servirá como ponto de convivência.

5. Confessionários
Outra atividade durante a JMJ é o atendimento de confissões. Cerca de 200 confessionários estarão divididos em determinados pontos da cidade, entre eles, a Feira Vocacional. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário