segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Kingston/Thousand Islands: ATTRACTIONS!!


Passei pela fofa cidade de Kingston, a caminho de Toronto para Montreal (fica mais ou menos no meio do caminho entre essas cidades), com o principal objetivo de de fazer o passeio pela região das Mil Ilhas -  Thousand Islands. Fica a mais ou menos 300km de Toronto, indo pela Highway 401, seu principal meio de acesso (a Highway 15 é uma forma de acesso alternativa para quem vai da região de Ottawa).

Como saí de Toronto meio atrasada para a programação que havia feito, pois a ideia era sair de Toronto cedo, chegar em Kingston para fazer o passeio de barco e depois curtir um pouco da cidade, almoçar, dar umas voltas e seguir caminho rumo a Montreal... Mas... acabei chegando em Kingston por volta das 15:40 e, por sorte, ainda consegui pegar o barco das 16:00 para fazer o passeio pelas ilhas do Rio São Lourenço. Foi tudo bem mais corrido do que planejei, porém, deu certo!!

Quanto ao passeio de barco, eu acabei fazendo o passeio com duração de 1 hora e meia e, no final, uns 30 minutos teriam sido suficientes. Explico: para quem já fez passeios de barco no Brasil em regiões da costa verde fluminense ou paulista, como em Ilha Grande, Angra dos Reis, Paraty, Trindade, Ilha Bela... ou passeios parecidos com esses, não vai achar muita graça nesse passeio feito em Thousand Islands. Até entendo que para o Canadá, principalmente no verão, um passeio assim seja super diferente, pois, um país acostumado a enfrentar tanta neve durante o inverno, curtir essa paisagem de rio e ilhas em pleno verão deve ser muito gostoso.

Porém... ao meu ver, as paisagens, depois de um certo tempo, ficaram bastante repetitivas. O passeio, mesmo feito no verão e com calor, não tem pausas para banho. Ao longo passeio, é contada a história da região, que é bem interessante, mas é claro que não tem como prestar atenção em tudo que é contado, em inglês, com algumas interpretações histórica do Sr. Henry, figura lendária da região pelos feitos militares em guerras. 

Por sorte, havia uma lanchonete dentro do barco, providencial para quem não havia almoçado... o cachorro-quente salvou a tarde!!

Ainda assim, para quem tiver curiosidade, é um passeio bonito... nada extraordinário em termos de belezas naturais e oferece uma boa infraestrutura no barco. 

O bilhete eu comprei bem próximo ao pier de onde saiu o barco, quase em frente à praça da prefeitura, bem no centrinho de Kingston, e custou em torno de 25 dólares canadenses, mais impostos.

Eu fiz o passeio com a empresa 1000 Islands Cruise, com endereço na Ontario Street 263. Para quem quiser explorar outros passeios, há também os passeios de barco que oferecem almoço e jantares... 

Há também tem um passeio que me interessou bastante, pois passava, com parada para visitação, no Bodlt Castle. Aliás, era esse o passeio que eu gostaria muito de fazer, pois, pelas fotos, parecia bem mais bonito e interessante, mas descobri que ele saía de uma outra cidade, ou vilarejo, que ficava a mais ou menos 30 minutos de Kingston, chamada Rockport, e já chegaria bem mais tarde lá, e até localizar o pier e contar com a sorte de ter ainda um barco para o passeio... achei melhor não arriscar e fazer esse passeio mais simples que sai de Kingston. 

Contudo, para quem quiser saber mais sobre esse tour pelo Boldt Castle que eu queria muito fazer, basta procurar mais informações no site da empresa 1000 Cruises Rockport, que fica no endereço 123 Front Street, em Rockport. Atente-se para os horários de saída dos passeios e saibam que esse passeio pelo castelo tem duração aproximada de 3 horas e meia e é necessário ter visto para os EUA, pois o castelo fica no território americano.

Aliás, essa região das Mil Ilhas é interessante porque ela também é uma espécie de fronteira natural entre os EUA e o Canadá. Pelo caminho, na estrada, havia várias pontes que faziam a travessia da fronteira. Como o Rio São Lourenço vai margeando essa estrada, entre Toronto e Montreal, o rio, que praticamente liga o Lago Ontário com o oceano, desempenha esse importante papel de divisor de fronteiras.

E por falar na estrada e no rio, confesso que eu esperava um pouco mais das paisagens. Imaginei que a estrada fosse meio que beirar o rio e que eu pudesse ir apreciando os vilarejos que ficam às margens do Rio São Lourenço. NADA DISSO!! A estrada, em grande parte do percurso, é cercada de vegetação, com paisagens bucólicas, poucas cidades ou vilarejos e praticamente nenhuma visão do rio. Confesso que fiquei um pouco decepcionada. Não sei de trem a paisagem é outra, mas fica a dica que ir de Toronto até Montreal de trem parece ser uma viagem muito interessante também.

Depois do passeio de barco, aproveitei então para andar um pouco pelas ruas do centrinho, admirando alguns edifícios, como o da prefeitura que é bem bonito, algumas igrejas, a Catedral... e foi um passei muito agradável e até mais interessante e bonito do que o passeio de barco, mesmo com a chuvinha que começou a cair depois do passeio de barco (por sorte, durante o passeio de barco havia até um mormaço... a chuvinha só veio depois). Portanto, se tiver oportunidade de explorar mais a cidade de Kingston, vale a pena!! 

Kingston, localizada na Província de Ontario, foi onde primeiro se estabeleceram as primeiras nações. Nomeada como primeira capital da Província do Canadá, em 1841, acabou se transformando em importante e estratégico local para instalações militares. Além disso, Kingston marca a entrada do Canal Rideau que vai até Ottawa e que foi ao longo dos anos uma importante via de transporte de suprimentos, deslocamento e de proteção do interior. O Forte Henry foi construído para proteger a entrada do canal e sua ligação com o Rio São Lourenço.

Curiosidade: Kingston é a cidade natal do cantor Bryan Adams!!

Para saber mais sobre Kingston, sugiro os seguintes sites de pesquisa:


Quanto à região de Mil Ilhas - Thousand Islands, o mais curioso e interessante é que, na verdade, trata-se de uma estimativa, pois, até hoje, não se sabe ao certo a real quantidade de ilhas existentes na região, que se estende por quase 80km ao longo do Rio São Lourenço, ocupando uma região de quase 100km². Aliás, segundo o site Wikipedia, seriam aproximadamente quase 2 mil ilhas registradas. Parte das ilhas estão em território canadense na província de Ontario e outra parte estão em território americano no estado de Nova Iorque.

Singer Castle em Dark Island e Bodlt Castle em Heart Island são as grandes atrações. 

Para saber mais a respeito das atrações da região, veja as informações do site abaixo:







Passeio de Barco pela região das Mil Ilhas




Forte Henry Hill




Forte Henry

gerando energia eólica 







Prefeitura - City Hall

City Hall

Princess Street



DELICIOSA SORVETERIA - MIO GELATO

MIO GELATO


St. George's Cathedral 

St. George's Cathedral

St. George's Cathedral



St. Mary's Cathedral 

St. Mary's Cathedral

8 comentários:

  1. Lili, estou amando seus relatos sobre o Canadá.
    Muito bem feito suas postagens e dicas!
    Beijos,
    Fabiane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fabiane!! Tudo bom??
      Puxa.. Fico muito feliz por estar gostando!! Obrigada!!

      Confesso que ainda falta terminar de escrever sobre Quebec City e suas atrações turísticas que visitei... acabei me enrolando com outros posts... queria ter mais tempo livre para colocar em dia!! Você planeja ir ao Canadá? Quando? Se for a Quebec City, tentarei providenciar o que está faltando antes de ir!!

      Bjs

      Excluir
    2. Lili, que bom que respondeu!
      Menina, estou agora com seus posts abertos fazendo meu roteiro, e iria adorar se vc colocasse as dicas de Quebec. Vou passar sim por lá, mas é a ultima cidade do Canadá. Toronto, Ottawa, Mont Tremblant, Montreal e Quebec... Eu gostei do que falou de Kingston, e das Mil Ilhas. Estou pensando se vou ainda. Viajo dia 04 de abril.
      Beijos, e obrigada...
      Obs.. fique tranquila! Eu também tenho blog e sei como é. Deixei várias para trás porque não consegui escrever ainda. Mas seu blog está ótimo!

      Excluir
    3. Oieee!! Tudo bom??

      Que delícia!! Primavera no Canadá!! Deve ser lindo!!

      Então... não sei se conseguirei escrever antes da sua viagem porque estou com outros compromissos (estudos + concursos + trabalho), mas fiz algo que precisava ter feito há bastante tempo: ORGANIZEI A PÁGINA CANADÁ, lá no alto do blog, logo embaixo do SIRI DA FOTO. Na página CANADÁ, vc encontrará todas as informações postadas sobre a viagem. Em relação a Quebec City, eu já publiquei aqui no blog o seguinte: roteiro (que eu praticamente fiz tudo o que estava nele) + hospedagem (esse post sobre hospedagem dá uma boa noção da cidade e atrações turísticas) + dicas de lugares para comer + dicas de lugares para compras + Cirque du Soleil (apresentação gratuita que vi em Quebec City).

      Juro para você que tentarei escrever os posts específicos sobre Quebec City e suas atrações turísticas (onde efetivamente eu estive), com fotos, em tempo de você poder consultar antes da viagem.

      Espero que curta bastante!! Ao voltar, compartilhe aqui conosco suas dicas e impressões!! Vou adorar!!

      Beijinhos

      Excluir
    4. Lili, que gracinha! Supor atenciosa!
      De toda forma agradeço muito pela atenção. Eu realmente estou fazendo meu roteiro com base nos seus relatos.
      Claro que me reportarei sobre minha experiência por lá.
      Beijos, e obrigada!

      Excluir
    5. Imagina!! É um prazer poder ajudar!! Aliás, espero que os posts atendam os seus interesses e auxiliem em seus preparativos. =))
      Boa viagem e divirta-se bastante por lá!!
      Beijinhos

      Excluir
  2. Lili, onde você se hospedou em Kingston?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cibele!
      Tudo bom?
      Então, eu não me hospedei em Kingston. Apenas fui de passagem, a caminho de Montreal. Como estava de carro e para tornar a viagem de Toronto a Montreal mais interessante, paramos em Kingston para conhecer um pouco da cidade e fizemos o passeio pelas Mil Ilhas!
      Mas vi vários hotéis que me pareceram bem bacanas por lá. E há muitos restaurantes, cafés, bares também!
      Espero ter ajudado.
      beijinhos,
      Lily Pestana

      Excluir