segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Canadá/Mont-Tremblant: ATTRACTIONS!!


Já havia visto algumas fotos de Mont-Tremblant no inverno e fiquei curiosa para conhecer essa famosa  e mais procurada região de esqui que também ferve no verão.

A ideia inicial e bem mais lógica era a de conhecer Mont-Tremblant usando um dia de Montreal, de preferência, saindo bem cedo para regressar depois do almoço. 

A distância entre Montreal e Mont-Tremblant é de 135km, portanto, seria bem tranquilo ir e voltar no mesmo dia e, além disso, eu tinha 5 noites em Montreal e parecia razoável usar boa parte de um dia para ir lá.

Porém, esse foi um planejamento que não deu certo. Acreditem, eu não consegui uma brecha sequer durante meus 5 dias em Montreal para ir a Mont-Tremblant. Primeiro, porque no dia de chegada em Montreal, eu já cheguei bem tarde, à noite, por ter atrasado na saída de Toronto e ter aproveitado bem a parada em Kingston e Thousand Islands (caminho entre Toronto e Montreal) e, por isso, não fiz nada de turístico logo na chegada. E, para completar, eu comprei duas apresentações do Cirque du Soleil, em Montreal, à noite, algo que também me prendeu um pouco quanto aos horários. Sem contar que eu também queria ver o show de luzes e sons da Catedral de Notre-Dame, mais uma vez, à noite. 

Somando tudo isso ao fato de que Montreal é uma cidade bastante movimentada, com atrações turísticas bem legais e vários percursos que podem ser feitos a pé, além das várias lojas e shoppings espalhados pela Rue St-Catherine... bem... não deu para ir a Mont-Tremblant e eu decidi não abrir mão de um dia em Montreal para conhecer as montanhas laurencianas.

Já conformada com o fato de não conhecer Mont-Tremblant, eis que surgiu a possibilidade de ir até lá, de forma meio corrida, mas ao menos eu poderia ter uma noção do lugar, aproveitando o caminho de volta entre Quebec City e Ottawa.

Não foi o caminho mais perto... aliás, o GPS, dessa vez, bobeou feio, porque, configurado com a opção  de menor tempo, o GPS guiava por caminhos que não eram os mais curtos e, nessa brincadeira, percorri uns quase 700 km. Explico: pelo Google Maps, existiria uma rota traçada entre Quebec City e Mont Tremblant, pelas montanhas, por dentro do país, sem necessidade de ir por Montreal. Da mesma forma, existiria também uma rota entre Mont-Tremblant e Ottawa, por dentro do país, sem necessidade de passar por Montreal, de descer até a região do Rio São Lourenço.

Mas... mas... mas... o GPS não fez assim!! A rota traçada pelo GPS foi: Quebec City - Montreal - Mont-Tremblant - Montreal - Ottawa. Logo, cuidado e fiquem atentos a isso quando quiserem fazer o mesmo que eu fiz. Configurem o GPS para o caminho  mais curto e observem se ele não está levando para Montreal. Eu teria economizado cerca de 400km se soubesse disso antes!!!

Entenderam por que percorri uns 700km nesse dia?? E foi muito chão mesmo!!!

Digo logo que valeu a pena!!! Pena mesmo foi passar tão pouco tempo em Mont-Tremblant!! Embora tendo ficado pouco mais de 2 horas no lugar, gostei muito de lá... do clima de montanha com atividades também no verão. E preciso dizer que estava cheio de gente??? Fiquei imaginando como seria no inverno e aquilo tudo lá tão branquinho de neve... deve ser ainda mais lindo!!

Então, Mont-Tremblant fica na região das Montanhas Laurencianas, na Província de Quebec, a mais ou menos 130 km de Montreal e a 140 km de Ottawa (menos para o GPS que usei que preferiu dar a volta ao mundo nesse trajeto... rsrsrs... ). Fica em um Parque Florestal Nacional, o maior da Província de Quebec.

O lugar, como já disse, é super famoso por seus resorts para esqui no inverno, sendo o mais famoso o Mont-Tremblant Ski Resort, mais conhecido como Tremblant

A cidade de Mont-Tremblant, recentemente constituída em 2000, fica, na verdade, a 13 km, mais ou menos, da área das montanhas e resort.

Logo que cheguei, o GPS levou até a cidade e eu, que já havia visto várias fotos de Mont-Tremblant, sabia que ali não era bem o destino que eu estava esperando ver. Afinal, onde estava o lago??

Foi então que coloquei no GPS o endereço de uma das atrações que eu tinha pensado em fazer - o pedalinho - e que, é claro, não tive tempo. Pelo menos eu tinha esse endereço e foi o que salvou, pois, daí, o GPS levou direitinho ao cenário que eu queria tanto conhecer que era o do Resort, aos pés da montanha que também se chama Mont-Tremblant.

E não faltavam atrações na região!!! Pelas placas, percebi que estava acontecendo algum campeonato de IronMan, Festival de Blues de Mont-Tremblant, o lago que no verão se transforma em "praia" para os turistas, teleféricos que levam até a mais alta montanha da região, pedalinhos no lago... ou seja: uma festa!!

Foi exatamente essa a sensação que eu tive em Mont-Tremblant Resort, onde as ruas do vilarejo inspiravam alegria e festa... e muita música e blues. 

O Festival de Blues, espalhado pela região do Resort, estava fantástico!! Eu contei pelo menos 5 palcos diferentes pelos locais por onde passei. Consegui assistir a 3 apresentações!! Maravilhoso!!! Amei!! E deu muita vontade de ficar por ali e curtir a noite com mais shows de blues.... só que ainda tinha Ottawa pela frente para conhecer... ai ai ai ... e eu que sempre quero fazer tudo!!!

Em 2009, foi inaugurado um Cassino no Resort e, com ele, um teleférico gratuito para que quem quiser ir mais rápido lá de baixo até o nível onde se encontra o Cassino, que se chama Le Cabriolet, ligando a parte alta com a parte baixa do vilarejo. Obviamente que eu subi e desci algumas várias vezes para registrar a paisagem em seus melhores ângulos... afinal, era de graça, né?? kkkkk...

Ainda há outros dois teleféricos, um que leva ao topo da montanha onde há um restaurante - não fui!! =(( ... e outro que também sobe um bocado, mas a descida tinha que ser por um carrinho pelas curvas da montanha. 

Sobre o que leva até o restaurante, ouvi dizer que lá de cima a vista da paisagem é belíssima!!! Há também atividades de caminhadas, trilhas, e outros, pelas montanhas e algumas exploram a parte de cima da montanha Mont-Tremblant.

Esse teleférico tinha dois valores em julho de 2012: 16,50CAD só o passeio de teleférico ou 21,50CAD um combo que incluía um lanche no restaurante. 

Já o outro teleférico que só servia para subida, cuja descida tinha que ser com carrinho tipo de kart, custava uns 12CAD por pessoa. (CAD = dólares canadenses). Eu juro que perguntei se eu poderia subir e descer no teleférico, mas o moço não deixou!! Dá para acreditar??? Só podia subir quem fosse descer de carrinho e eu, que estava com bolsa, câmera, e não sou muito chegada a dirigir, nem mesmo carrinho de "bate-bate", achei mais prudente não arriscar!! hahahahaha...

O Lago, que vira uma espécie de praia - Parc Plage, também parecia bem legal. E para usufruir da estrutura de lá e poder banhar-se, tinha que pagar!! Sim!!! Para entrar na área do lago/praia de Mont-Tremblant, era cobrado um valor de 5CAD.

A mocinha da "portaria" do lago foi bem legal e me deixou entrar, gratuitamente, pois avisei que só queria conhecer o lugar e tirar algumas fotos. 

Essa área da "praia" tinha uma infraestrutura legal: área para piquenique, refeições, banheiros, tudo muito organizado e limpo. Não coloquei meu pé na água e não sei dizer se era muito gelada. A maioria do pessoal estava na areia atrás de um bronzeado e poucos aventuraram-se nas águas. 

O clima estava bem quente - MUITO QUENTE!! - e confesso que deu uma mega vontade de me jogar naquele lago para me refrescar. 

Outro lago, bem menor, perto do resort é o Lac Miroir. Nele há opção de passeio de pedalinho e barquinho, legal para crianças!! 

Bem... se eu entendi direito, são vários resorts e algumas vias públicas para pedestres, repletas de lojas, restaurantes, sorveterias, lojinhas com produtos especializados na árvore e folha mais famosa do Canadá, a Maple, aquela mesma que aparece na bandeira canadense... Vendo de cima, do teleférico Le Cabriolet, a maioria dos hotéis/resorts tinham uma infraestrutura bem bacana, com piscinas e áreas de lazer. 

Por pertencer à Província de Quebec, o idioma principal é o francês. Mas o lugar é tão turístico que todo mundo acaba se comunicando razoavelmente bem em inglês também. Não senti dificuldade em me comunicar.

O carro foi deixado no estacionamento, super fácil de achar, quase em frente à entrada de La Plage, a praia do Lago. O pagamento era na máquina e baseado nas horas já previamente estipuladas de permanência no local. Em torno de 3CAD a hora. 

E algo bem inusitado aconteceu: quando estava para vencer a hora que foi inicialmente paga, fui renovar por mais uma hora e, nesse momento, um casal que estava saindo do estacionamento acenou e ofereceu o bilhete deles, pois resolveram sair antes de vencer as horas do bilhete e quiseram dar!! Super gentis!! Fiquei bem impressionada com tamanho gesto de simpatia e gentileza!! E o bilhete deles ainda permitia uma permanência de quase 2 horas a mais. Ou seja, no final, uma paradinha que seria de apenas 1 horinha para eu dizer que "vi" Mont-Tremblant, acabou sendo de quase 2 horas e meia. 

E só fui embora tão rápido de lá porque ainda tinha Ottawa pela frente e mais chão e mais estrada. 

Adorei e recomendo a quem quiser conhecer o lugar, pois Mont-Tremblant, especialmente a região do Resort, parece uma vila dessas antigas dos Alpes europeus, tão bonitinha, tão fofa, tão organizada... quase uma vila de casinhas de boneca!! Vale a pena conhecer!!!

Se quiser saber mais sobre o lugar, esses sites merecem uma visita:



---->>> Mont-Tremblant no caminho entre Quebec City e Ottawa

Mont-Tremblant. No verão, essa área de esqui transforma-se em um centro esportivo onde a natureza canadense assume toda a sua essência. De maio a outubro, subida de teleférico ao topo da montanha e almoço neste mesmo local (Região dos Montes Laurentinos) – 135 km até o Parque Nacional Mont-Tremblant, saindo de Montreal.

- PASSEIO DE TELEFÉRICO, PEDALINHO, CANOAGEM no lago + Praia de Lago
      **Atividades - http://www.tremblantactivities.com/
 - PEDALINHO NA LAGOA: 

Endereço
1000 chemin des Voyageurs, Mont-Tremblant, Qc,
J8E 1T1



subindo as Montanhas Laurencianas



Caminho que leva ao Cassino

Teleférico - Le Cabriolet


Bilheteria do Teleférico + Almoço no Restaurante

Diversas atividades para a criançada


O teleférico que só permite a subida - para descer, só de carrinho

Cassino de Mont-Tremblant Resort

E mais atividades para a criançada - o calor era intenso

O teleférico que leva ao alto da montanha, onde tem o restaurante



descendo no teleférico gratuito, do Cassino, em direção à parte baixa do vilarejo

Um dos palcos do Festival de Blues







no teleférico - sim, subi e desci algumas vezes!! rsrsrs...

área de lazer de um dos resorts, visto do teleférico






mais um palco do Festival de Blues


outro palco do Festival de Blues

Lac Miroir

"Portaria" da praia/lago - La Plage

área de piquenique do Lago/praia




Igrejinha fofa 

Sorveteria... hummmm... delicinha!!

a cidade bombando de gente por causa do Festival de Blues

uma das apresentações do Festival de Blues









9 comentários:

  1. Lili,
    boa noite!
    Fiquei com uma dúvida@
    Você chegou e estacionou o carro onde? E, depois vc so rodou a pe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida! Então, depois de digitar no GPS o endereço 1000 chemin des Voyageurs, ele me levou direto para o local do Resort Mont Tremblant. No verão, o lago ganha até uma praia. Mais ou menos na direção da entrada de La Plage e perto da entrada do Resort tem um estacionamento público bem amplo e descoberto. Tem que pegar/pagar o ticket com base no tempo q deseja ficar e validar na máquina. Eu gostei muito de lá !! Espero que tenha ajudado!!!
      Beijinhos

      Excluir
  2. Olá Lili!
    Bem legal ler sobre suas viagens... adoramos viajar também... é o melhor investimento! kkk
    Olha só, iremos no mês que vem... indo a Toronto - Montreal (train) a principio... depois Mont Tremblant... daí é que estou achando complicado! Iremos com nossa filha de 8 anos... será q dá para encarar de carro numa boa? Ou melhor o ônibus...? O q vc sugere? abraço!! de: Altamir / Cassia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Cassia e Altamir!
      Tudo certinho?
      Que delícia de viagem! Eu amei o Canadá!
      Pois bem, eu fui de Quebec City para Mont Tremblant e depois, ainda no mesmo dia, fui para Ottawa. Foi uma viagem bem pesada, viu? Na verdade, por culpa da nossa configuração do GPS, acabamos fazendo Quebec City - Mont Tremblant - Montreal - Ottawa, acredita? Mas, como era verão e os dias eram longos, no fim deu tudo certo.
      Você irá no inverno e deve considerar pegar muita neve pelo caminho e dias mais curtos.
      Meu plano inicial era ir de Montreal para Mont Tremblant pela proximidade. Salvo engano, era estimado chegar em Mont Tremblant em cerca de 1:30 indo de carro (confirmei agora no Google Maps e deu 1:37 exatamente), portanto, é a melhor opção para ir a Mont Tremblant, de carro e a partir de Montreal, se você quiser aproveitar bastante. Eu não andei de ônibus no Canadá, nem de trem... então não sei dizer o que é melhor. Só posso dizer que gostei muito de andar de carro por lá =)
      Espero ter ajudado.
      Abraços,
      Lily

      Excluir
  3. Lily, gostaria de saber sobre o trajeto para Ottawa, se foi tranguilo e qual dica vc me daria. Obrigada

    ResponderExcluir
  4. Olá Lily, tudo bem?
    Não consegui postar com o meu nome, mas me chamo Marcos e meu e-mail é cacobina@gmail.com

    Olha que grata coincidência, quero fazer um tour parecido com o teu. Fiquei bastante curioso sobre a tua aventura. Posso te encaminhar minha sugestão de roteiro, pois não conheço esse lado Canadense, e como tu mesmo dissestes, o GPS nos apronta cada uma. Vou postá-lo aqui.

    De: Para: Dist: Previsto:
    29/nov Toronto Ottawa 404 04:28
    30/nov Ottawa - - -
    01/dez Ottawa Mont-Tremblant 153 02:00
    Mont-Tremblant Quebec 365 03:30
    02/dez Quebec - - -
    03/dez Quebec Montreal 253 02:32
    04/dez Montreal - - -
    05/dez Montreal Kingston/Gananoque 287 02:58
    06/dez Kingston/Gananoque Toronto 266 02:38
    O que achas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marcos! Tudo certinho?
      Olha, a logística do seu roteiro está ótima. Ou seja, faz sentido, porque são cidades que estão na rota.
      Mas será uma viagem bem corrida. Sua intenção é essa mesma?
      1 dia e meio em Ottawa está ótimo
      Metade de um dia em Mont Tremblant está ótimo também
      1 dia em Quebec é muuuuuuuuuuuito pouco
      O mesmo vale para Montreal.. muito pouco! E também para Toronto.
      Se sua ideia é só passar pelas cidades e olhar algumas atrações, então está bom. Mas se quer ir um pouco além e explorar um pouquinho, você precisará de pelo menos 3 dias inteiros em cada cidade (Toronto, Quebec, Montreal)
      Espero ter ajudado!
      Abraços,
      Lily

      Excluir
  5. Olá Lily tudo bem?
    Acabei de conhecer seu blog com o seu relato sobre a ida a Mont Tremblant. Nunca fui no Canadá e meu inglês não é fluente, pior ainda o francês. Pois bem, a dificuldade da língua não é a questão. Nossa viagem será para Nova York. Depois vamos pra Montreal e aproveitar pra conhecer uma estação de esqui.
    Minhas dúvidas e se você puder me ajudar são:
    - Qual a cia aérea mais em conta para ir de NY para Montreal (achei a proposta de ir de trem ou ônibus um pouco demorada);
    - Chegando em Montreal (pelo que ví você se deslocou de carro)é fácil alugar um carro? Além do carro tem algum ônibus que vai pra lá?
    - Se for de carro (na época de abril) não é perigoso dirigir se tiver gelo na estrada?

    Muito obrigado e parabéns pelo blog!

    Dudu Brasília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dudu!
      Tudo certinho?
      Muto obrigada por vir aqui no blog planejar a sua viagem com base em nossas dicas!
      Bem, a questão do idioma é sempre uma grande dúvida. Falar inglês, ao menos um pouquinho, já vai ajudar. Não precisa ser fluente, sabe? Mas é bom saber se virar com algumas palavras mais principais. O povo canadense é muito acolhedor e receptivo.
      Sobre suas dúvidas:
      1) Em relação à companhia aérea, isso é uma loteria!! kkkk... o dia que eu souber quais são todas as mais baratas, acho que eu não vou mais parar em casa =P Olha, minha dica é que você consulte nos sites do Skyscanner e no Kayak para saber quais as companhias aéreas que fazem esse trajeto de NY a Montreal, ok?
      2) Chegando em Montreal, você não precisará de carro. Nós estávamos de carro porque estávamos percorrendo as cidades de carro. Se seu foco é conhecer Montreal, você vai gastar dinheiro a toa. Montreal é uma cidade muito fácil para andar a pé, de metrô e, em último caso, de táxi. Nós mesmos deixamos o carro na garagem do hotel e não tiramos mais até o dia de ir embora.
      3) defina primeiro se vc quer ir de NY para Montreal de carro ou de avião. Se você encontrar uma passagem interna de NY para Montreal com bom preço, vale a pena ir de avião para ganhar tempo. Até porque não sei quanto tempo você terá e você precisará pensar nisso também. Montreal é uma cidade que precisa de pelo menos 3 dias nela. Com relação à neve, é possível sim. Mas certeza certeza acho que nem os sites de previsão do tempo poderão te dar. Por exemplo, no final do ano fez "calor" em NY que não era esperado (tipo 15 a 20º C que é totalmente atípico para a época). Mas agora em janeiro já teve nevasca, a tempestade Jonas, que matou um monte de gente. Portanto, se você quiser alugar carro, tem que estar sim com o espírito preparado para tudo.
      Espero ter ajudado!
      Abraços,
      Lily

      Excluir