sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Ottawa: Hospedagem

Seguindo a minha viagem pelo Canadá... depois de passar 9 maravilhosas noites "gastando" todo o francês que eu não tenho, percorrendo cidades lindas pela província de Quebec, eu voltei a ouvir o inglês (inclusive nas rádios!!).

Fui de Quebec City para Ottawa, passando por Mont-Tremblant e Montreal (de novo, graças à super logística do GPS!! rsrsrs... dessa vez, o GPS bobeou e traçou o caminho mais longo..)... enfim... depois de muita estrada, finalmente cheguei à Capital do Canadá!!!

Ottawa, pela posição estratégica que ocupa, bem na fronteira entre as grandes províncias de Ontario e Quebec, tornou-se a capital em 1867, do recém país criado e unificado.

Aliás, ela fica às margens do Rio Ottawa, muito importante para a navegação interna no país e também tem o famoso Canal Rideau, com toda a sua função histórica de interligar o rio e também na época da formação da cidade, para os deslocamentos (depois contarei um pouco mais sobre o interessante canal e seu sistema de comportas/eclusas).

Do outro lado do Rio Ottawa, temos a cidade de Gatineau, pertencente a Quebec.

Lembram da história de o Canadá ser um país oficialmente bilíngue?? Pois aqui em Ottawa isso é facilmente notado. É claro que por ser capital, parece-me que há leis que cuidam do assunto e exigem que tudo seja escrito nos dois idiomas. Pude perceber, por exemplo, atendentes de lojas "desenrolando" um francês para atender bem seus clientes. Acho que na capital, isso de falar bem os dois idiomas deve ter um peso bem significativo.

Bem... infelizmente, meu tempo em Ottawa era super curto: 1 DIA/1 NOITE!!!

Ouso até dizer que consegui fazer, CORRENDO, tudo a que me propus a fazer na capital canadense.

Talvez, com um diazinho a mais, eu teria aproveitado um pouco além e tivesse corrido menos... foi uma verdadeira maratona!!

Mal cheguei na cidade e, após um "check in express", com direito a apenas largar as malas no hotel, fui correndo andar pelos arredores e tentar achar o museu National Gallery.

Por sorte, o museu estava aberto e eu tive em torno de 1 hora e meia para andar e conhecer um pouco das suas galerias. Por ser uma quinta feira, o museu ficava aberto até mais tarde e a entrada era gratuita para as exposições permanentes... UFA!!! "Me dei" bem!!! rsrsrs...

Mas o assunto aqui é sobre O HOTEL, certo?? Em post futuro eu aproveito para relatar o passeio em Ottawa.

Quanto ao hotel... para passar apenas 1 noite, dessa vez eu fui super prática: LOCALIZAÇÃO!!!

Sim, é óbvio que eu observei comentários sobre o hotel, sua pontuação, classificação etc... Porém, sem dúvida alguma, para passar apenas 1 noite, a maior preocupação era encontrar algo bem centralizado e com ótima relação custo-benefício.

O Hotel Days Inn atendeu perfeitamente a essa finalidade: ÓTIMA LOCALIZAÇÃO!!!

Localizado na Rideau Street (inglês de novo!! obaaaaa!! hehehe...), com algumas caminhadas eu cheguei bem rápido nas principais atrações. Como o tempo era curto, tive que priorizar e conhecer apenas as principais atrações.

A pé, foi possível fazer o seguinte:

- 4 quadras da movimentada região do Byward Market
- 5 quadras do Major's Hill Park - o lindo parque que fica ao lado do Canal Rideau
- 6 quadras do Fairmont Chateau Laurier
- 6 quadras do Canal Rideau
- 7/8 quadras do Parlamento
- + ou - 11 quadras do National Gallery e da Catedral de Notre-Dame

A ponte Alexandra, que atravessa para Gatineau, pode ser alcançada pelo National Gallery of Canada. Atravessando-se a ponte, você sai de Ontario e vai para Quebec. Do outro lado, em Gatineau, está o maravilhoso Museu da Civilização Canadense.

Só que, para chegar ao Museu da Civilização Canadense, optei pelo carro. Como ele ficou para o dia seguinte, depois do passeio por Byward Market, de lá do Museu eu segui direto para Toronto e assim era mais prático não perder tempo com caminhadas longas.

Do hotel até o Museu da Civilização, passando pela Ponte Alexandra, estimo que se gaste algo em torno de 20 minutos de caminhada. Para quem não tem muito tempo a perder, melhor mesmo é pegar um táxi ou, no meu caso, ir de carro.

O preço do hotel não era dos mais caros. Acessível e bem mais barato que já havia pagado em Montreal e Quebec. Os impostos na província de Ontario são menores do que em Quebec. E o preço do estacionamento ERA JUSTO.

O quarto era bastante espaçoso, com aproximadamente 21 m².  Bem equipado, com frigobar, facilidades para banho, secador de cabelo, sofá cama (além da cama queen, que era grande e confortável), mesa central, bom televisor com estante, cafeteira, mesa de escritório com cadeira, entre outras coisas.

Um bom banheiro!!

Eu recomendo!! Principalmente se a situação for similar a minha, ou seja, uma passagem rápida pela cidade, sem luxos, e sem ficar muito tempo no hotel.

O pessoal da recepção foi muito atencioso. Expliquei a minha pressa em conhecer logo a cidade e me mostraram tudo no mapa. Uma ou outra dica sobre a direção a tomar nas caminhadas que ou foram erradas ou eu é que entendi errado e peguei um sentido diferente. No resto, foi tudo ótimo!!

Ainda... não se importaram e nem cobraram nada extra pelo fato de ter deixado o carro no estacionamento do hotel depois do check out. Fiz o check out, coloquei as malas no carro, desocupei o quarto e fui bater perna na rua, no Byward Market... só depois voltei para pegar o carro novamente ir para o Museu da Civilização. Achei muito legal da parte deles!!

Não tinha café da manhã incluído na reserva e nem me preocupei em tomar café no hotel porque queria explorar o Mercado e foi lá mesmo que comi umas frutas deliciosas: morangos e framboesas!! 

Pertinho do hotel, a uma quadra, tem um supermercado enoooooooorme. Lá você vai encontrar de tudo um pouco... MENOS BEBIDA ALCOÓLICA!!!

Lembra da história sobre a venda de bebidas alcoólicas em Ontario?? Pois bem, apenas duas lojas estão autorizadas a vender as bebidas. Mas não se preocupe porque perto do hotel, na mesma Rideau Street, a caminho do Parlamento, estão as duas lojas: LCBO e THE BEER STORE.

Só era meio chato andar nas ruas com tantas obras, fato comum que observei por praticamente todos os lugares onde passei. Sendo verão, eles realmente se apressam com as obras externas. As ruas estavam meio empoeiradas por isso, muitas obras...

O clima estava mega seco e o calor beirava o insuportável... no melhor estilo Rio 40º !!!

Ou seja, tudo a poucos passos do hotel, inclusive o delicioso café Second Cup, que concorre eficazmente com o Starbucks.

Eu fiz a reserva pelo site Booking.com. O Hotel Days Inn está avaliado com nota 7,5 a partir de 311 críticas.

Já no site Trip Advisor, que eu sempre consulto antes de viajar, o Hotel Days Inn conta com a nota 3,5 (de 5) e ocupa a 41º lugar de 62 hotéis em Ottawa.

Por isso, percebam que não se trata de um hotel luxuoso. Mas é prático, bem localizado, limpo e com um bom e funcional quarto para pernoitar.

Mas... se você quiser algo super luxuoso na capital canadense, dê uma espiadinha no chiquérrimo Fairmont Chateau Laurier!! E depois me conte tudo sobre a sua experiência, viu??


--> OTTAWA: 1 noite - de 12 a 13 de julho

Days Inn - Ottawa - Address: 319 Rideau Street, Ottawa (Ontario), K1N 5Y4

Preço Total da diária sem imposto: 119.99CAD
Impostos não incluídos: 13,00%
Estacionamento não incluído: 5CAD por dia
Café da Manhã NÃO incluído

*** Principais Atrações Turísticas:
. Rideau canal e Parque,
. financial centre, 
. a Casa do Primeiro Ministro e do Governador Geral, 
. a residência dos Embaixadores, 
. O Parlamento - Hill. 
. Durante os meses de julho e agosto, às 10:00h, oportunamente, assistirão à troca da guarda dos cadetes da Polícia Montada Canadense, 
. Mercado Byward, 
. Galeria Nacional de Arte, 
. Museu da Civilização,




Hotel Days Inn

Hotel Days Inn

Hotel Days Inn

Hotel Days Inn

Hotel Days Inn

Hotel Days Inn

Hotel Days Inn

Hotel Days Inn

Supermercado na Rideau Street

Fairmont Chateau Laurier

Fairmont Chateau Laurier

Fairmont Chateau Laurier

Fairmont Chateau Laurier

Fairmont Chateau Laurier

Fairmont Chateau Laurier

Fairmont Chateau Laurier

Parlamento Hill e Fairmont Chateau Laurier


Nenhum comentário:

Postar um comentário