quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Canadá: inglês ou francês?

CANADÁ, país de dimensões continentais que ocupa grande parte da América do Norte, estendendo-se do leste ao oeste, desde o Atlântico até o Pacífico, é o segundo maior país do mundo em área total (superado apenas pela Rússia).

Com terras habitadas há milênios por tribos indígenas - entre eles os inuits - os aborígenes, no final do século XV, começaram a ver suas terras sendo invadidas e ocupadas pelas diversas expedições inglesas e francesas que para lá se dirigiam.

Trata-se, hoje em dia, de uma federação composta por 10 províncias e 3 territórios, um Estado Democrático com regime parlamentar e também monárquico constitucional.

Para quem não sabe (eu JURO que não sabia... ), a Rainha Elizabeth II, da Grã Bretanha, é a rainha do Canadá também e chefe de Estado. Aliás, havia muitas homenagens à rainha e ao seu jubileu de diamante - foi assim que descobri que ela era rainha do Canadá também e que o Canadá paga tributos à Coroa Britânica!! Será que é por isso que os impostos lá são maiores do que nos EUA?? Conversando com alguns canadenses, observei que esse lance dos impostos devidos à Coroa Britânica não é algo muito bem aceito... enfim...

Portanto, essas terras distantes, no além mar, foram durante séculos disputadas entre ingleses, franceses e também americanos (que chegaram depois, mas não queriam ficar de fora da bocada...). E foi um toma-lá-dá-cá danado!! Primeiro os franceses, depois os ingleses, depois franceses de novo, depois ingleses, depois americanos tentando alguma coisa... rsrsrs...

Welcome? Bienvenue? God Bye? Au Revoir? E aí... como fica esse samba??

VOILÀ !!!

Com tantas guerras e disputas principalmente entre ingleses e franceses, não podia dar em outra coisa: O CANADÁ É UM PAÍS OFICIALMENTE BILÍNGUE!!!

Perfeito para quem quer deseja praticar e aprender mais esses idiomas!!

E sabe o que é melhor disso tudo?? É sentir um pouco de cada país colonizador, seus traços e vestígios que lá ainda são sentidos.

Melhor exemplo não há do que percorrer o território da província de Quebec... suas principais cidades - Montreal e Quebec City - mantêm vivas as origens da colonização francesa, fazendo questão de enaltecer a cultura e o estilo de vida francês, desde a gastronomia até certos hábitos, e, obviamente,  são ricos lugares onde a francofonia impera!!

Francófonos de plantão amam a província de Quebec que, também em razão disso, recebe ainda muitos imigrantes oriundos de países outros colonizados pela França.

Sim... na província de Quebec, o francês é o idioma principal. As influências francesas foram mais marcantes nesse pedaço do Canadá.

Mas não pense que entender o francês deles é fácil, porque não é!! Eu, que não falo nada além do básico e educado em francês, soube de pessoas que dominam o idioma que o sotaque e o jeito de falar dos canadenses de Quebec - quebébécois - é difícil de se compreender em um primeiro contato.

De qualquer forma, foi muito curioso e interessante sair de Ontario e ir para Quebec. O primeiro sinal de estar em Quebec já se percebe pelas placas, com a mudança do idioma. Em vez de street, passa-se a ler rue... em vez de stop, passa-se ler arret... e por aí vai...

É claro que outras mudanças também são notórias, como as rádios... No carro que aluguei não tinha entrada USB (estranho!!) e por isso ouvia muito as rádios locais. Além de ouvir muito a versão em francês da música "Kuduro", era engraçado prestar atenção nas transmissões em francês... e o mesmo se via com as redes de canais de TV. E o que dizer das lojas... ATÉ OS NOMES MUDAM!! A famosíssima loja de departamentos THE BAY (espécie de Macy's Canadense), na província de Quebec passa a chamar-se LA BAIE. E o mesmo acontece em diversos outros casos, com traduções para o francês... é muito amor ao idioma!!!

Eu tive um pouco de dificuldade em alguns momentos em me comunicar. Na cidade subterrânea de Montreal, em um salão de beleza, queria comprar um shampoo que estava em promoção e vi outro igual com preço normal. Perguntei se eu poderia levar os dois pelo mesmo preço e a atendente não entendeu o que eu disse (meu inglês não é tão ruim assim... rsrsrs...) e também não soube me dizer se eu poderia levar o outro com o preço da promoção. No final das contas, levei só um que estava remarcado e com preço menor.

Em algumas cidades pequenas por onde passei, como Trois-Rivière, percebi também, em uma sorveteria, que atendente mais nova conseguia se desenrolar no inglês, enquanto os mais velhos não entendiam direito.

Ou seja, na província de Quebec é verdade mesmo quando dizem que a francofonia impera!! E constatei que, embora os jovens falem muito bem o inglês e o francês, fazendo valer os dois idiomas oficiais do país, os mais velhos não!! Tampouco os imigrantes. Vi muitos imigrantes, principalmente africanos, trabalhando como motoristas e o inglês deles era bem precário. Por isso, de vez em quando é preciso rebolar um pouco para se comunicar e se fazer entender.

Outra coisa curiosa é a questão da ordem em que aparecem as frases escritas em francês e em inglês. Como é um país bilíngue, praticamente tudo vem escrito nos dois idiomas: cardápios, guias em museus, anúncios, entre outros... Sinais de trânsito e placas de rua, por outro lado, eu só vi escritos no idioma principal da província... em Quebec, só em francês!! Mas na província de Quebec, o francês vem em primeiro lugar e com letras mais destacadas. Em Ontario, é o contrário que acontece.

Aliás... no caminho para Ottawa, indo de Quebec City e Montreal, fiquei impressionada por não ver placas indicando a direção para Ottawa, mas tão somente para Gatineau!!

É que Ottawa fica bem na divisão entre as províncias de Ontario, onde fala-se mais inglês, e Quebec. Do lado inglês-Ontario, chama-se Ottawa, a capital do Canadá. Já do lado francês-Quebec, chama-se Gatineau.

Bem... e é claro que rolam algumas rixas, rivalidades entre os dois lados. Ouvi um ou outro comentário no lado inglês, em tom pejorativo, sobre os que falam apenas francês.

E em Toronto, uma das cidades mais multiculturais do Canadá, você pode falar praticamente o idioma que desejar e achará alguém para te entender!!! hehehehehe... é que a cidade é toda dividida em diversos bairros onde se concentraram as comunidades de pessoas com a mesma nacionalidade de origem, formando verdadeiros guetos: Little Portugal, Chinatown, Koreantown, Little Italy, Little India, Greektown... QUER MAIS??? Acho que está faltando uma Little Brazil por lá... heheeheh...

Como fiquei uns dias hospedadas na casa de um amigo canadense-alemão que mora em Little Portugal, foi muito interessante ir à farmácia e ser atendida com autêntico sotaque português de Portugal... ou fazer um lanche em padaria de portugueses. Muito legal!! Ele me explicou que a maioria desses portugueses são imigrantes dos Açores.

A questão mais importante de todas é uma só: O POVO CANADENSE, SEJA QUAL FOR A SUA VERDADEIRA NACIONALIDADE, É MUITO EDUCADO E RECEPTIVO AOS TURISTAS!!!

Portanto, vá sem medo de errar no seu inglês ou francês porque você será muito bem tratado!!

Em Ottawa, já bem tarde da noite, dois amigos que caminhavam atrás de mim e que estavam falando muita bobeira, no melhor estilo "entre 5 palavras, 6 eram palavrões", passaram por mim e pediram desculpas por estarem falando besteiras... já imaginou??

Um povo educado, multicultural, bilíngue oficialmente, porém plurilíngue nas ruas, muito receptivo, muito gentil, muito disposto a ajudar os turistas... UMA EXCELENTE EXPERIÊNCIA!!! OUI OUI!!!

Quer saber mais sobre o Canadá?? Continuem acompanhando aqui os posts e vejam também os sites abaixo:

http://br.canada.travel/

http://www.canada.gc.ca/home.html

http://www.cic.gc.ca/english/

http://en.wikipedia.org/wiki/Canada

http://www.canadatourism.travel/

http://www.canada.worldweb.com/


Little Portugal em Toronto

Koreantown em Toronto

Chinatown em Toronto

Chinatown em Toronto

Chinatown em Toronto

um pouco de inglês também em Toronto

Dundas Square, em Toronto

Montreal

Montreal

The Bay - La Baie, em Montreal

sorveteria Ben & Jerry's, em Montreal

Montreal

Montreal - placas

Montreal

Montreal

Montreal

dentro do metrô, em Montreal

Montreal

Montreal

Montreal

Montreal

Montreal

Museu de Belas Artes, em Montreal

excelente sorveteria, em Montreal

Rue Crescent, em Montreal

Praia de rio, em Montreal

Mercado, em Quebec City

Quebec City

Quebec  City

Quebec City



Quebec City

Quebec City

6 comentários:

  1. ai esta eu sei o frances quase tudo por isso não preciso praticar mas o frances neste caso é tanto em montreal e em quebec

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, David!
      Oficialmente, o país é bilíngue.
      Mas, o francês só é usado mesmo na província de Quebec =))
      Abraços,
      Lily

      Excluir
  2. Gostei da postagem, sou uma brasileira com o 'sonho canadense' desde que me entendo por gente, rsrs... Amo o Canadá... vou continuar navegando pelo seu blog... Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Clécia! Que delícia! Que bom que curtiu o blog. Seja sempre bem vinda.
      Beijos,
      Lily

      Excluir
  3. TEM COMO APRENDER INGLÊS E FRANCÊS AO MESMO TEMPO ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cristiane!

      Tudo bom? Não vejo problema algum em aprender duas línguas ao mesmo tempo. Eu fiz Espanhol e Inglês por muito tempo, ao mesmo tempo... Agora, se seu objetivo é ir para o Canadá para estudar idiomas, basta procurar saber quais as escolas de idiomas que são boas e se dedicar para aprender ambos!

      Beijos,
      Lily

      Excluir