terça-feira, 10 de abril de 2012

Nova Iorque: City Pass + TKTS + Gorjeta + Dicas (4)



Preço do New York Pass - com desconto do feriado de Páscoa, está por U$178,00 o pass para adulto usar em 7 dias

* Preço do New York City Pass - com desconto no momento, está por U$89,00 o pass para adulto usar em 9 dias.

Decidir entre o New York Pass e o New York City Pass passa pelo questionamento sobre quantos dias você terá livres em NY para aproveitar as atrações abrangidas por um ou por outro.


Embora o NY City Pass ofereça o uso do passe por 9 dias, ele só inclui 6 atrações turísicas:

* Empire State Building
* American Museum of Natural History
* The Metropolitan Museum of Art
* MoMA (The Museum of Modern Art)
* Guggenheim Museum  OR  Top of the Rock
* Statue of Liberty & Ellis Island  OR Circle Line Cruise

Eu optei por esse passe. Ele na verdade é como se fosse um pequeno livrinho com folhas dentro que são espécies de tickets, destacados a cada atração visitada.

Embora eu soubesse que esses 4 museus abrangidos pelo ticket - MET, História Natural, MOMA e Guggenheim - não obrigassem que a admissão/bilhete fosse pago pelo turista no seu valor cheio.

Na verdade, nesses museus, o visitante pode deixar o valor que considera razoável pela visita. Há até mesmo aqueles que não pagam nada. Mas eu jamais teria essa coragem. Fica a critério de cada um.

De qualquer forma, mesmo lendo muitas críticas falando sobre a desvantagem de comprar um passe, eu preciso revelar que se não fosse esse passe eu não teria conseguido ir a Estátua da Liberdade por um simples motivo: fila monstruosa!!

Como fui no inverno, no carnaval, quase todos os dias amanheciam nublados ou nevando. E me programei para ir a Estátua da Liberdade em uma dia que, pela previsão do tempo, seria o melhor da semana, sem expectativa de chuva. Acontece que certamente eu não fui a única a me programar dessa forma e o susto ao chegar em Battery Park e visualizar a fila de embarque do ferry boat para a Estátua da Libertade foi enorme. Uma fila gigantesca que dava várias voltas!!

Só que com o city pass, a minha fila era diferenciada, bem menor!! E mesmo sendo beeeeeeem menor (tipo 1/3 da fila dos que não tinham o pass), eu ainda tive que ficar 1 hora e 40 minutos para conseguir embarcar. Ou seja, só por isso já valeu a pena!!

Nas outras atrações turísticas também havia filas diferenciadas para entrar. Na verdade, dentro dos museus nem havia tanta fila porque eu sempre chegava mais cedo.

Escolhi usar o pass para ir ao Top of The Rock em vez de ir ao Guggenheim. Aliás, o Guggenheim foi uma grande decepção.

Com relação ao New York Pass, mesmo não tenho comprado este, posso dizer que é para quem está com bastante tempo livre. Ele oferece mais de 70 atrações, podendo conjugar com o ônibus turístico - hop-on hop-off.

Ou seja, com esse passe você certamente conhecerá praticamente todas as atrações turísticas da cidade, passeando por outros distritos/bairros, além de Manhattan, como o Bronx e o Brooklyn. É bem mais caro. E a sua validade é menor, somente 7 dias. Ele funciona como se fosse um cartão de crédito e precisa ser validado na primeira atração visitada para começar a contagem de dias de sua validade, que inclui logo o primeiro. As atrações são:

American Museum of Natural History
Atlantic City Excursion on Academy Bus
El Museo del Barrio
Empire State Building Observation Deck
Intrepid Sea, Air & Space Museum
Lets Take a Village... A Greenwich Village Walking Tour
NBC Studio Tour
New Museum
New York Botanical Garden
New York Hall of Science
New York Historical Society
New York Skyride
New York Transit Museum
New York Water Taxi
Noble Maritime Collection
Queens Museum of Art
Shearwater Sailing
Manhattan By Sail

Slavery and Underground Railroad Tour
Solomon R. Guggenheim Museum
South Street Seaport Museum New
Staten Island Botanical Garden
Staten Island Children's Museum
Statue of Liberty and Ellis Island Immigration Museum Ferry
Wall Street Walks
Wave Hill
Weeksville Heritage Center
Where It All Began... A Lower Manhattan Walking Tour
Whitney Museum of American Art

Esses passes, OS DOIS, podem ser adquiridos em seus respectivos web sites, geralmente com descontos, ou em qualquer das atrações turísticas que eles incluem.

A dica é: em alta temporada, não deixe para comprar o cartão em lugares muito agitados, com filas, como a Estátua da Liberdade. Já chegue com o seu cartão em mãos e economize seu tempo!!


- TKTS:

Esse é o lugar para tentar conseguir ótimos descontos na aquisição de ingressos para as apresentações teatrais na Broadway!!

Confesso que eu, infelizmente, só consegui comprar um ingresso com desconto, que foi para assistir a "O Fantasma da Ópera". E foi um ótimo desconto, quase metade do preço, para ficar na terceira fileira, bem no meio. Um lugar excepcional!! Por um preço bem razoável. O preço original era uns U$140,00 e eu paguei U$75,00.

Ah sim.. mesmo com descontos, os preços dos ingressos da Broadway, especialmente para as peças mais badaladas, mais desejadas, mais famosas, são super salgados!!

Descobri, ainda na fila do TKTS, que eles não vendem para as peças da Disney, como "O Rei Leão" e "Mary Poppins", que eu desejava ver.

Para assistir a "O Rei Leão", tive que comprar diretamente no Teatro Kodak, onde estava sendo apresentado musical. E o valor foi bem mais salgadinho... em torno de U$120,00 para um lugar que não era tão bom como foi o que consegui para ver "O Fantasma da Ópera".

Aliás, para quem não gosta de musicais, vai ter que caçar algum que não seja... e já adianto que essa não será uma tarefa fácil. Os musicais imperam, simplesmente dominam na Broadway.

Outra dica legal, que descobri lá na hora, é que fica bem mais fácil conseguir os melhoresdescontos para ver as peças de segunda à quarta. A partir de quinta e, pior ainda, no final de semana, a fila do TKTS é gigantesca e nem sempre será possível conseguir bons descontos.

Mas não desanimem com a fila. Acho que ela é sempre grande mesmo. Só que anda rápido, bem rápido. E ao longo da fila há funcionários, até meio rudes, que ficam organizando a fila e já instruindo as pessoas a decidirem pela peça. São vários guichês de atendimento e também as pessoas que ali trabalham não são as mais simpáticas. É quase um fast food de tickets de teatro!!

O TKTS da Times Square, onde eu estive, pois ficava muito perto do hotel onde estava hospedada, SÓ VENDE INGRESSOS COM DESCONTO PARA O PRÓPRIO DIA DE APRESENTAÇÃO!! Não se esqueçam disso!! Não trabalham com venda antecipada!! É muito importante.

Fica localizado no cruzamento da 47th Street com a Broadway, em Father Duffy Square.

Para adquirir ingressos para as apresentações noturnas, para o próprio dia, o TKTS da Times Square começa a vender a partir das 15:00 todos os dias, menos às terças, quando abre às 14:00, e sempre até às 20:00. Portanto, chegue logo cedo!!

Para adquirir ingressos para as apresentações das matinês (de tarde), os ingressos são vendidos a partir das 10:00 até às 14:00, todos os dias em que haja alguma apresentação para a matinê, menos aos domingos que começa a vender às 11:00 e vai até às 15:00.

Atenção para o fato de que durante o período específico de venda de ingresso para as matinês, os guichês não vendem ingresso para as apresentações noturnas.


- GORJETAS:

Em regra, a gorjeta, chamada "tip", não será incluída na conta, "bill". Diferentemente do Brasil, a gorjeta nos EUA é esperada, desejada e é praticamente isso que compõe a maior parte do salário dos atendentes, por isso que é importante juntar muita gorjeta.

Se o serviço for muito bom, a praxe e a boa educação dizem que se deve deixar 15% do valor da conta. Se o serviço for razoável, então deixe 10%. Não deixar nada significa que foi uma porcaria o atendimento ou que simplesmente o cliente foi um mau educado e cometeu uma enorme gafe ao se esquecer da gorjeta.

Mesmo em bares, onde somente se pede um drink, ainda assim é de bom tom deixar ao menos U$1,00 de gorjeta por drink.

Lugares como fast foods e cafeterias, todavia, já não se tem tanta obrigação assim. Mas, é claro que a depender da sua generosidade e de quantos $$$$ estejam sobrando, você pode deixar quanto quiser.

Se for a sua intenção deixar uma gorjeta, faça primeiro o pagamento do valor total da conta, seja no cartão de crédito ou seja em dinheiro, aguarde a conta voltar e, só assim, deixe o valor da tip. Se colocar tudo junto, como valor único, o garçom entenderá que isso na verdade é um troco a ser devolvido. Inclusive, o mesmo vale para cartão de crédito. Caso a conta e a gorjeta sejam pagas no cartão de crédito, o valor da tip virá discriminado em separado, em uma linha abaixo, e o valor total da conta em cima.

O ideal, para evitar confusões, erros ou malandragens quando se paga a conta em cartão de crédito, é pagar o total no cartão e deixar a gorjeta em dinheiro. Assim fica tudo bem claro e sem qualquer chance de depois se deparar com uma fatura do cartão em que a gorjeta veio bem maior do que a que você pensou que estava pagando.

Fique esperto para lugares onde pode haver garçons espertinhos. Se você já pagou a gorjeta em dinheiro e vier na conta do cartão de crédito o valor discriminado na linha abaixo como tip, risque!! Além disso, quando são grupos muito grandes, é possível que seja incluída logo na conta o valor da gorjeta (não é comum, mas é possível.. ). Logo, certifique-se de que o valor na conta é só do que foi consumido ou se já está incluída alguma gorjeta, antes de pagá-la duas vezes. 

Outras situações em que gorjetas são esperadas: porteiro de hotel, maleiro, pessoa para chamar o táxi e camarareira, de modo geral, basta dar U$1,00 ou U$2,00 que já será bem aceito. Taxistas e garçons, de 15 a 20% do valor do serviço prestado.

Como já explicado, a gorjeta é sim uma praxe, quase que obrigatória, faz parte da cultura americana e, mesmo sendo diferente da gente, é bom respeitar, até porque, como já dito, a maior parte do salário desses profissionais advém das tips por eles recebidas!!



- SITES PARA MAIS PESQUISAS COMPLEMENTARES:



Nenhum comentário:

Postar um comentário