sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

BONITO!! Terceiro dia...

Terceiro Dia: Aquário Natural + Bóia Cross no Rio Formoso

Hoje é sexta! E sim... São Pedro ajudou!! O dia amanheceu ensolarado e prometia muito agito!!
Finalmente fomos para a nosso primeiro passeio de flutuação: Aquário Natural no Rio Baía Bonita. A estrada até o Aquário Natural foi tranqüila, ficando a aproximadamente 8km do centro de Bonito. O passeio custou R$110,00 por pessoa.





Chegamos lá e fomos recebidos pelo guia Ramón que nos levou para a Trilha dos Animais, mantidos pela Reserva Ecológica Baía Bonita, onde são tratados alguns animais encontrados nas redondezas, como araras, corujas, tamanduá, anta, jabutis, entre outros. É interessante conhecer um pouco do trabalho de pesquisa e de cuidados realizado pelos que estão envolvidos nesse projeto.

Mas é claro que a expectativa grande era pelo passeio de flutuação.
Outro guia, o Francisco, acompanhou a gente para a flutuação. E lá fomos nós, já vestidos com a terrível roupa de neoprene (aquele treco apertava até a minha alma!!), o grupo de 9 pessoas foi primeiro fazer uma adaptação na piscina do receptivo e depois partimos para a nascente e início do passeio de flutuação.






Lindo!! Lindo!! Lindo!!! A água cristalina, devido à alta presença de calcário que faz uma espécie de decantação das impurezas, a vegetação e alguns animais presentes no rio fazem do passeio uma experiência maravilhosa!!







Adorei!! É difícil descrever um passeio como esse com palavras. Melhor mesmo é postar fotos para vocês entenderem do que se trata!! E tem que ter câmera subaquática!!



Pena que foi curto. Aliás, essa foi a minha frase quando, após mais ou menos 900 metros de percurso e uns 45 minutos, o passeio acabou: mas já acabou? Sim... já havia acabado para minha tristeza!! Tudo bem, porque eu ainda teria pela frente mais duas outras flutuações para aproveitar mais (a do Rio Sucuri e do Rio da Prata).
Soube depois que esse passeio de flutuação é o mais “selvagem”, pois a região é bem aberta e poderíamos ter visto sucuris ou jibóias ao longo passeio. Ainda bem que só soube depois!! Rsrsr...
Após o passeio, caminhamos por uma trilha onde havia uma cachoeirinha com tirolesa (e eu pulei de novo!! Estou começando a perder o medo!!) e vimos macacos e jacarés até chegarmos novamente no receptivo para tirar a roupa de neoprene, devolver o snorkel e máscara e o sapatinho do pé (que cortou um pouco o meu pé pelo atrito).

O receptivo era muito bom, com excelente área de piscinas, restaurante, lojinha de souvernir e área para descanso.




Mas o dia ainda não havia acabado! Faltava mais uma aventura pela frente: Bóia Cross!!
Saímos do Aquário Natural, voltamos para a estrada principal de Bonito, e fomos para o Hotel Cabanas, que fica a aproximadamente 6km do centro de Bonito. Lá é realizado o Bóia Cross e também Arvorismo. O Bóia Cross custou R$48,00.



O Bóia Cross é feito no Rio Formoso. Cada pessoa fica com sua bóia e vai descendo um trecho do rio, com posições certas indicadas pelos guias para remar e para descer as quedas e corredeiras.


Uma pena que o tempo virou! O sol lindo que estava fazendo de repente sumiu e uma nuvem negra tomou o céu: chuva!! E fomos para o bóia cross debaixo de chuva mesmo! Mais aventura?? Quando se tem um irmão junto com você que quer te derrubar e te girar o tempo todo, com chuva ou sol é muita aventura!!



O passeio foi bem legal e recomendo também! Logo na primeira queda, tipo uma cachoeirinha, todos caem da bóia!! Não tem como escapar!



Eu estava morrendo de medo de cair e não conseguir voltar para a bóia. E é difícil mesmo! Mas vale muito a pena!
Foi uma aventura bem legal!!! Como não dá para levar a câmera subaquática porque é muita informação segurar a câmera, segurar o colete salva-vidas e segurar a bóia, o próprio receptivo já tem um pessoal que acompanha o grupo em terra e na água para fotografar!! É claro que comprei o CD de fotos, que custou R$30,00. Afinal, como eu ficaria sem registro dessa aventura?? Rsrs... as fotos ficaram ótimas!
Depois, ainda com chuva, a melhor aventura, para meu irmão, foi a de trocar o pneu do carro que havia furado!! Hehehe... com as estradas de Bonito, fica difícil não furar um pneu por lá. Mas deu tudo certo e voltamos para a Pousada Bonsai e depois fomos à agência H2O Turismo resgatar o voucher para os passeios seguintes.
Já que não tínhamos almoçado nesse dia, resolvemos enfiar o pé na jaca à noite: Casa do João. Lugar lindo, bem pertinho do hotel, atrás da pracinha principal de Bonito. Super bem recomendado e tem como prato carro chefe da casa a Traíra sem espinha. É claro que eu tinha que comer e descobrir se era tão boa assim! Dito e feito! É maravilhosa!!



E, para encerrar a noite, após uma voltinha pela praça e rua principal para ver o movimento dos bares, paramos no Oca, restaurante famoso pelos diversos pratos de mandioca, inclusive rodízio, e lá ficamos até voltar para o hotel e dormir, recuperando as energias para encarar o passeio do dia seguinte que seria no Parque das Cachoeiras!! Mas, antes de terminar a noite, conversamos mais uma vez com a Dona Margarida e, dessa vez, comi um bombom de morango... delícia!!



O legal de Bonito é que à medida que íamos fazendo os passeios e conhecendo as pessoas, acabávamos encontrando todos à noite pela rua principal, nos bares e restaurante, e trocando idéias e experiências sobre os passeios que cada um foi fazendo. Bem bacana mesmo!

4 comentários:

  1. Vcs alugaram a roupa de neoprene? Alugaram câmera subaquática?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tínhamos a câmera aquática! Na época, em 2011, nem existia GoPro (ou pouquíssimas pessoas tinham). Hoje em dia, a GoPro seria bem melhor. As roupas estavam sempre inclusas nos valores dos passeios, até porque a água lá é mais para gelada, viu? Não espere as áquas quentinhas do Nordeste rsrs..
      beijinhos,
      Lily

      Excluir
    2. Tem opção de alugar a câmera...depois do dia 28 passo por aqui de novo e conto como foi os passeios...=))

      Excluir
    3. Isso já ajuda muito, né? Você alugou? Como foi?
      Beijos

      Excluir