sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

BONITO!! Segundo dia...

Segundo Dia:
Após uma noite de sono um tanto quanto instável por causa de barulhos bem estranhos de animais que pareciam estar ao meu lado (mas estavam certamente na porta do quarto... poderia ser um sapo?? Talvez...) e de ter acordado umas duas vezes de susto, levantei cedo e fui desfrutar do café da manhã colonial servido na Pousada Bonsai. Muito bom o café da manhã!! Já estava pronta para começar o primeiro dia de passeio e aventura aqui em Bonito!!

Fomos, então, para o passeio das Cachoeiras do Rio do Peixe, passeio realizado dentro da Fazenda Água Viva, a aproximadamente 33km da Pousada Bonsai. 

Infelizmente, o tempo resolveu não ajudar muito hoje: o dia amanheceu muito nublado e com chuviscos. E a previsão para o resto do dia não era nada animadora porque mantinha a chuva, com poucas aberturas de sol e muitas nuvens.
Chegamos no destino e já fomos recebidos pelo guia Rodrigo que faria o passeio conosco pelas trilhas da Fazenda, percorrendo o Rio do Peixe, com cachoeiras, poços, pontes, tirolesas (aqui chamada de carretilha), trampolins, entre outros.
Mas, antes mesmo de começar o passeio, o dono da Fazenda Água Viva, Seu Moacyr, também nos recepcionou com sua Arara Azul!! Belíssima!! E, como turista é bicho bobo mesmo, fui lá tirar a foto com a Arara em meu braço e ombro!! Heheheh... 

A fazenda integra um projeto de reprodução de arara azul, que corre risco de entrar em extinção no Brasil.
Iniciado o passeio, a chuva não deu muita trégua pela manhã. Não lembro o horário exato de início, talvez por volta das 10:00. Deve ter parado de chover somente por volta das 11:30. Mas o calor era presente o tempo todo.






O passeio da manhã era de uma trilha de 2km na ida e mais 2km na volta. Passamos por paisagens lindíssimas e ainda paramos em 3 cachoeiras para banho e mais um lugar para pular no poço de 4metros de altura e 4 metros de profundidade, outro lugar para pular de um trampolim e outro para saltar de tirolesa/carretilha.


Para nossa sorte, fomos agraciados com um belo sol antes do almoço.


E que almoço!!! Delicioso!! O passeio, que custou R$120,00 por pessoa, durava o dia inteiro e incluía o almoço. Um saboroso churrasco, com diversas saladas, massas e sobremesas com frutas típicas da região e muito doce de leite fartaram todos os turistas presentes. Experimentei o famoso doce de Jaracatiá!! Lembra um coco um pouco diferente, mas bem gostoso sim!!



E, após o almoço, já com o sol brilhando novamente, fomos direto para o redário. Um lugar cheio de redes para descansar, tirar aquele cochilinho básico, e depois reiniciar o passeio.

O grupo reuniu-se após essa cesta e voltamos para a trilha, dessa vez bem menor, de mais ou menos 600 metros, para visitarmos mais uma cachoeira com pausa para banho e mais uma carretilha/tirolesa.


No final, o saldo foi super positivo: um guia bem bacana (que tirou váááárias fotos minhas!!), um grupo de turistas super animados e simpáticos, um dia de passeio divertido e a interação com a natureza ganhando seu espaço.
Na fazenda também havia capivara, tucanos, araras vermelhas e disseram que havia macacos também que eu não vi.
As trilhas eram super seguras e eu fiz todo o trajeto, pela manhã com chuva, e de tarde com chinelos normais. Achei bem tranqüilo! Maior parte do trajeto das trilhas era com madeira o que facilitava para não escorregar, mesmo com a chuva.
Superei meu medo de pular (eu tenho pavor de pulos!!) e saltei no poço, que é uma espécie de gruta, com 4 metros de altura e mais 4 metros de profundidade do poço. É claro que gelei, deu nó no estômago, tremedeira nas pernas e por pouco desisti! Nem sei como pulei!! Só sei que venci esse meu medo momentaneamente e não pretendo repetir a dose nem tão cedo!! E também, na onda das superações do medo, desci de carretilha/tirolesa, nas duas que existiam lá na trilha (são duas diferentes). Mas confesso que realmente a tirolesa era suuuper tranqüila, sem muita velocidade e com o guia controlando para que se pulasse na hora certa.
Após o passeio, retornamos e fomos novamente lá na agência H2O Turismo para retirarmos os vouchers dos passeios de amanhã: Aquário Natural pela manhã e Bóia Cross de tarde. O esquema que optamos, com o aluguel de carro, permite que a gente vá até os passeios sozinhos. Não há guias conosco. A agência forneceu um mapa bem detalhado e bem explicado explicando o caminho até todas as atrações turísticas. Portanto, cientes do horário de início do passeio, a gente se programa, com o apoio da Agência de Turismo, que diz o tempo estimado que se gasta até chegar, para que saiamos do hotel em horário apto a chegar no destino sem perder o horário de início do passeio.
No início fiquei com medo desse esquema de andar em Bonito e suas imediações sem guia para indicar o caminho. Mas, de fato, depois do passeio de hoje, percebi que é bem fácil andar por aqui. Basta mesmo ter um bom mapa indicado as atrações e ter noção do tempo que se gasta até chegar nelas.
À noite, aproveitei para andar um pouco pela Rua Principal e conhecer suas lojinhas de artesanato e souvernis. Fiz poucas comprinhas, juro!! Estou me controlando... rsrs... Verdade é que tem bastante coisa muito legal por aqui e depois andarei um pouco mais com calma para visitar outras lojas.
Resolvemos hoje conhecer o indicado restaurante/bar Taboa!! Sua cachaça é bem famosa na região, inclusive eles possuem uma fábrica de cachaça aberta para visitação guiada. O barzinho estava movimento, considerando que a cidade não está tão cheia por enquanto porque a alta estação/temporada começa a partir de 17 de dezembro


Havia música ao vivo e a banda era ótima, tocando MPB, sambinha, pagode, um pouco de pop rock, entre outros. O clima de descontração era grande. Fizemos amizade com um casal de turista que estava acompanhado de seus filhos e também com outro casal de turistas que, por coincidência, está hospedado na mesma pousada. Trocamos várias idéias e foi muito papo, muita cachaça Taboa e alguns aperitivos deliciosos, com destaque para o gourjão de pintado.
Dona Margarida, que tem uma loja de doces em Bonito, Jaracatiá Doces, estava por lá com seus docinhos e ficou um bom tempo conversando com a gente, apresentando os sabores de suas trufas artesanais. Como seu nome havia sido mencionado no passeio pela manhã como sendo o melhor bombom de Jaracatiá da região, é claro que aproveitei para comprar um que comi ali mesmo!! De fato, uma delícia!! E trouxe outro de doce de leite para comer depois.
No final da noite, recebemos canetas pilot para deixarmos nosso recado ou nome nas paredes, mesas, cadeiras do bar. Eram tantos nomes espalhados pelas paredes do Taboa que ficou até difícil encontrar um espaço para escrever o meu... mas lá deixei registrado!!
O sono já está sendo cruel e amanhã a aventura começa beeem cedo (antes das 7:00 já estarei de pé!!). E mais um dia se foi!! Tomara que São Pedro colabore!! Vou ali desenhar um solzinho na janela e depois volto =))

6 comentários:

  1. Nossa Lili, aproveita bastante essa viagem porque Bonito é LINDO! ;D Nem vale a pena dizer pra você tirar muitas fotos, porque você já deve ter tirado centenas, neh?! eheheh Ótimo trabalho esse que você está fazendo aqui no blog, continue assim! :) Muitos beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Que bom que vc gostou! Já leu os outros dias?? Tem muita foto e informação bacana sobre Bonito! É uma viagem que eu recomendo para quem gosta de ecoturismo!! O lugar é deslumbrantemente lindo! Vale a pena!!

    ResponderExcluir
  3. Esse passeio hoje em dia está mais de 200 reais e acho que não está incluído transporte...=)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nuuuuuuuuuuuuuuu... jura??? Bonito é Pop, né?
      Mas vale a pena! Tudo lá é LINDO DEMAIS!!!

      Excluir
    2. É o preço do sucesso...rsrs...mas vou fazer esse passeio

      Excluir
    3. ahahahah... que bom que você fez, viu? Valeu a pena?
      beijinhos,

      Excluir