domingo, 18 de dezembro de 2011

BONITO!! Quinto Dia (PARTE 1)

Quinto Dia: Grutas do Lago Azul

Eu estava ansiosíssima pelo passeio até a Gruta do Lago Azul. Cartão postal da Cidade, eu já imaginava um pouco do iria encontrar ao chegar lá pelas fotos que tinha visto.



Nem preciso dizer que a emoção de estar na Gruta, a descida, a imagem do azul se aproximando, os raios solares invadindo a gruta, a chegada cada vez mais próxima até o lago azul, tudo isso foi sensacional e, mesmo tendo uma noção do seria o passeio, estar ali foi deslumbrante!! Difícil mesmo é explicar com palavras tamanha beleza!!
A Gruta do Lago Azul fica a 19km do centro de Bonito e está inserida no complexo de morros que formam a Serra da Bodoquena. O passeio custou R$36,00 por pessoa.
É, sem dúvida, o atrativo mais visitado na cidade!! Tem que ir com calçado fechado e antiderrapante. Para cobrir o cabelo, é dada uma touca descartável e todos usam capacete.
A descida pela gruta é íngreme e não há corrimão. A trilha para descer foi esculpida na rocha e, por isso, em razão da umidade do local, pode ser bastante escorregadio em alguns trechos.



Nessa época do ano (dezembro) até meados de janeiro, o sol entra na gruta e toca o lago por volta das 8:00 da manhã e dizem ser um encontro incrível entre raios solares e o lago, até então mais escuro, que fica iluminado e, com o contato com os raios ultravioletas, transforma-se e fica na sua cor azul-turquesa.





Não vi essa cena porque meu passeio começou às 9:00. Mas pude sim ver os raios solares entrando na gruta e, ao descer, mesmo quando ainda não era possível ver o lago, já se podia ver raios de luz azul, como se fosse mesmo um spot de luz, vindo lá do fundo, sinalizando que o lago estava ali.



A descida foi fantástica! Estalactites e estalagmites estavam presentes em todo o percurso da descida! Lindo demais!




E a chegada ao lago é algo muito emocionante mesmo!






Algumas informações e curiosidades:
- Não se pode mergulhar no lago.
- A visitação na gruta só funciona até às 14:00.
- Em dias chuvosos, por causa da descida íngreme e com degraus esculpidos em pedras, como fica perigoso e muito escorregadio, não é realizada visitação.
- Há vida no lago e, pelo que entendi, uma espécie de camarão lá habita.
- Crianças menores de 5 anos não podem fazer o passeio.
- O imenso lago de águas cristalinas e cor azul –turquesa tem mais de 80 metros de profundidade e é possível ver as letras L e A em uma formação rochosa submersa.
- A água que infiltra pelas rochas e pedras da Gruta do Lago Azul, pelo teto da caverna, em um contínuo gotejamento, deixa precipitar pequena quantidade de carbonato e é através desse lento processo que ainda se formam estalactites, crescendo milímetros por ano.
- A temperatura dentro da Gruta muda bastante, ficando bem mais fresco.
- A região de Bonito faz parte do Planalto da Bodoquena que é constituído por rochas calcárias muito puras. Essas rochas são solúveis. Com as chuvas e dissolução da rocha, ao longo de milhares de anos, formaram-se as inúmeras cavernas existentes em Bonito (são mais de 70 grutas catalogadas).
- Para ver o encontro do sol com a gruta, tem que chegar para fazer o passeio cedo, saindo às 8:00h. Esse encontro só ocorre em dezembro até mais ou menos metade de janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário